Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsas EUA seguem em queda pressionadas pela Intel, Yahoo! e Apple (act)

As bolsas nova-iorquinas seguiam em queda com o Nasdaq a recuar 0,92% e o Dow Jones a descer 0,38%, pressionados pela queda da Intel depois de ter apresentado ontem as estimativas de resultados para o próximo trimestre abaixo da expectativa dos analistas.

Susana Domingos sdomingos@negocios.pt 15 de Janeiro de 2004 às 15:21
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

As bolsas nova-iorquinas seguiam em queda com o Nasdaq a recuar 0,92% e o Dow Jones a descer 0,38%, pressionados pela queda da Intel depois de ter apresentado ontem as estimativas de resultados para o próximo trimestre abaixo da expectativa dos analistas.

A ajudar os índices esteve a JP Morgan, que anunciou a compra do Bank One, por 55,1 mil milhões de dólares (43,5 milhões de euros). A época de apresentação de resultados corporativos está a dominar a atenção dos investidores.

O Dow Jones [INDU] cotava nos 10.498,66 pontos, o Nasdaq [CCMP] marcava 2.091,63 pontos. O Standard & Poor"s 500 (S&P 500) negociava em descida de 0,39% para 1126,09 pontos.

A Intel seguia a cair 1,77% para os 32,80 dólares (25,9 euros), depois de ontem ter anunciado os resultados relativos ao terceiro trimestre, após o fecho do mercado. Os lucros relativos ao quarto trimestre de 2003 mais que duplicaram e as vendas dispararam 22%. No entanto, as estimativas para este trimestre são de um acréscimo de vendas entre 7,9 mil milhões de dólares (6,25 mil milhões de euros) e 8,5 mil milhões de dólares (6,72 mil milhões de euros), ou seja, ficam abaixo das estimativas dos especialistas que esperavam valores entre 8,24 mil milhões e 8,58 mil milhões de dólares, ditando a queda do título.

A JP Morgan avançava 1,02% para os 39,62 dólares (31,32 euros), depois de ter anunciado que vai adquirir o Bank One por 55,1 mil milhões de dólares (43,5 mil milhões de euros), formando a segunda maior instituição financeira do mundo, atrás do Citigroup, com activos no valor de 1,08 biliões de dólares.

A IBM, a maior fabricante mundial de computador, subiu 5,11% para os 94,93 dólares (75,04 euros), depois de ter anunciado os resultados relativos ao quarto trimestre de 2003. Os lucros mais que duplicaram no período, fruto de uma redução nos custos de aquisição e de uma melhoria nas receitas. As vendas subiram para os 25,9 mil milhões de dólares, superando as melhores expectativas dos analistas, que esperavam uma subida para os 25,02 mil milhões de dólares.

A Yahoo!, cujo valor das acções triplicou ao longo do ano passado, deslizava 4,5% para os 46,21 dólares (36,5 euros), depois de ter anunciado uma subida dos lucros para os 0,11 dólares por acção, contra 0,08 dólares obtidas à um ano, um valor que ficou em linha com as estimativas dos analistas.

Apple Computer, a fabricante dos computadores Macintosh, caía 6,12% para os 22,67 dólares (17,9 euros), apesar de ter anunciado que os lucros e as vendas do quarto trimestre atingiram o valor mais elevado dos últimos dois anos.

Ver comentários
Outras Notícias