Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsas europeias encerram com ganhos; DAX valoriza 2,18%

As maiores praças na Europa fecharam o dia com ganhos, e as acções do HSBC subiram 2,6% após uma recomendação favorável da Goldman Sachs. Na praça de Frankfurt, o DAX avançava 2,18% impulsionado pela valorização da Siemens e Deutsche Telekom.

Negócios negocios@negocios.pt 13 de Maio de 2002 às 17:47
  • Partilhar artigo
  • ...
As maiores praças na Europa fecharam o dia com ganhos, e as acções do HSBC subiram 2,6% após uma recomendação favorável da Goldman Sachs. Na praça de Frankfurt, o DAX avançava 2,18% impulsionado pela valorização da Siemens e Deutsche Telekom.

Na praça Londrina, o FTSE [UKX] acumulou um ganho de 0,65% nos 5.504,80 pontos. As acções do banco HSBC Holding subiram 2,6% para as 8,61 libras (13,79 euros) depois da Goldman Sachs ter aumentado a recomendação para o papel de «market perform» para «market outperform». A Old Mutual avançou 2,4%, o Barclays 2% e o Lloyds TSB 1,6%.

Na Alemanha, o índice DAX Xetra [DAX] marcava 4.977,95 pontos. Os títulos da Infineon e da Deutsche Telekom lideravam a tabela de ganhos com valorizações de 6,4% para os 18,71 euros e de 4,7% para os 12,94 euros, respectivamente. A Siemens progredia 3,9% para os 68,08 euros, depois de ter anunciado que venceu um concurso para fornecimento de tecnologia à Deutsche Bahn, no valor de 256 milhões de euros.

Em Paris, o CAC40 [CAC] avançou 1,05% para os 4.375,39 pontos ajudado pelas acções da France Telecom que valorizaram 1% para os 20,75 euros, depois de na semana transacta o papel ter caído para o mínimo histórico de 19,70 euros. A sua unidade móvel Orange trepou 2,9%, numa sessão em que a Vivendi Universal deslizou 0,5% para os 29,85 euros, após ter iniciado a negociação sob a forma «ex-dividendos».

Na praça madrilena, o IBEX [IBEX] apreciou 1,28% nos 7.998,10 pontos, impulsionado pela subida de 1,7% das acções do Santander Central Hispano (SCH) que terminaram a valer 10,09 euros. A Telefónica progrediu 1,4% para os 10,95 euros, enquanto a Telefónica Móviles subiu 1,3% para os 7 euros, no dia em que desvendou as suas contas trimestrais.

O AEX de Amsterdão cresceu 0,64% para os 493,67 pontos e, entre os papéis mais procurados da sessão, a operadora KPN valorizou 1,16% para os 4,36 euros, seguida pela Royal Philips e Royal Dutch que avançaram 0,67% e 0,59%, respectivamente.

Outras Notícias