Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsas europeias encerram pouco alteradas; DAX valoriza 0,26%

As Bolsas na Europa encerram a última sessão da semana sem uma tendência única, numa a altura em que o Nasdaq caía 1,74%, e na Europa, o sector das farmacêuticas foi um dos mais penalizados. Na praça de Frankfurt, o índice DAX progredia 0,26%.

Pedro Carvalho pc@mediafin.pt 24 de Maio de 2002 às 17:52
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
As Bolsas na Europa encerram a última sessão da semana sem uma tendência única, numa a altura em que o Nasdaq caía 1,74%, e na Europa, o sector das farmacêuticas foi um dos mais penalizados. Na praça de Frankfurt, o índice DAX progredia 0,26%.

Na praça londrina, o FTSE [UKX] terminou nos 5.169,10 pontos, a desvalorizar 0,12%, pressionado pela queda da farmacêutica GlaxoSmithKline, cujos títulos afundaram 8,7% para as 14,71 libras (23,23 euros), depois das entidades que regulam o sector terem decidido não conceder à empresa uma patente, permitindo desta forma a comercialização de genéricos de um dos seus produtos mais vendidos.

A operadora móvel Vodafone, ao invés, subiu 2% a marcar 1,13 libras (1,78 euros).

Na Alemanha, o DAX [DAX] valorizava 0,26 ara os 4.892,33 pontos, suportado pelas valorizações da Infineon e da Siemens que progrediam 2,4% para os 18,58 euros e 0,4% para os 68,50 euros, respectivamente. As quedas de mais de 1% da Deutsche Telekom e a farmacêutica Bayer impediam uma subida mais expressiva do DAX.

O IBEX [IBEX] espanhol progrediu 0,61% para os 7.950,20 pontos, ajudado pelo crescimento das acções da empresa de construções ACS que avançaram 2,8% para os 37 euros, tal como o grupo Dragados que subiu 1,6% colocando o preço nos 19,50 euros. O Santander Central Hispano (SCH) avançou 1% a marcar 9,85 euros, no dia em que anunciou a venda do Patagon.com International por 10,7 milhões de euros.

Na praça de Amsterdão, o AEX cresceu 0,02% para os 492,16 pontos ajudado pelas acções da operadora de telecomunicações KPN que trepou 4,93% para os 4,68 euros. A queda de 3,37% para os 21,20 euros da ASML Holding impediu uma subida mais agressiva do índice.

Em Paris, o CAC40 [CAC] caiu 0,1% para os 4.337,43 pontos e em contra ciclo, as acções da France Telecom e da Orange acumularam ganhos de 1,7% e 1,6%, respectivamente. A queda de 11,33% para os 16,05 euros das acções da banco Dexia, que apresentou resultados abaixo das expectativas dos analistas, impediu que o índice francês fechasse acima do valor de fecho de quinta-feira.

Outras Notícias