Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsas europeias encerram sessão em queda, DAX retrocede 5,46%

As praças europeias encerraram a desvalorizar, numa sessão em que o sector financeiro voltou a ser penalizado. As quedas do Hypovereinsbank e da seguradora Allianz arrastavam o DAX alemão para uma desvalorização de 5,46%.

Pedro Carvalho pc@mediafin.pt 05 de Agosto de 2002 às 18:08
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
As praças europeias encerraram a desvalorizar, numa sessão em que as acções do sector financeiro voltaram a ser penalizadas. As quedas do Hypovereinsbank e da seguradora Allianz arrastavam o DAX alemão para uma desvalorização de 5,46%.

O DJ Stoxx 50 recuava 3,01% para os 2.527,15 pontos. Nos Estados Unidos (EUA), o Dow Jones [INDU] e o Nasdaq [CCMP] desvalorizavam ambos mais de 2%.

Em Paris, o CAC40 [CAC] decresceu 4,01% para os 3.115,38 pontos, pressionado pelas acções da LOréal, Carrefour e Total Fina Elf que acumularam quedas de 6,1%, 9,3% e 1,8%, respectivamente.

A France Telecom (FT) deslizou 5,5% para os 12,50 euros. A segunda maior operadora europeia de telecomunicações acordou vender à Eutelsat a Stellat, que explora o satélite com o mesmo nome, por 180 milhões de euros. Esta foi a quarta alienação da FT em menos de quatro semanas, com o objectivo de redução de dívida.

Em Londres, o FTSE 100 [UKX] depreciou 1,94% para os 3.996,40 pontos. As acções da seguradora Aviva e da multinacional Anglo American, que opera no sector mineiro, desvalorizaram 8% para as 4,71 libras (7,48 euros) e 8,2% para as 7,12 libras (11,31 euros), respectivamente. O HSBC, o maior banco europeu em valor de mercado, caiu 0,8% depois de ter anunciado uma quebra de 7% nos lucros semestrais.

Em Madrid, o IBEX 35 [IBEX] desceu 2,47% para 5.963,20 pontos, arrastado pelas quedas de 5,3% das acções do Santander Central Hispano (SCH) e de 3,8% do Banco Bilbao Vizcaya Argentaria (BBVA). O CSFB e o Dresdner reviram em baixa o preço-alvo dos dois maiores bancos espanhóis.

O AEX de Amsterdão regrediu 3,88% a cotar nos 323,16 pontos. As acções do ABN Amro e ING Groep, as duas maiores instituições financeiras do país, caíram 5,45% e 6,47%, cada. O fabricante de componentes electrónicos Philips Electronics resvalou 4,22% para os 18,39 euros.

Na Alemanha, o DAX [DAX] que ainda negoceia, desvalorizava 5,46% a cotar nos 3.339,58 pontos. A seguradora Allianz caía 7,4% para os 123,60 euros, e o banco Hypovereinsbank decrescia 7% para os 18,40 euros.

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias