Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsas europeias ganham mais de 1%

As praças europeias negociavam em terreno positivo, depois de ser conhecido que os resultados da Compass e do Anglo Irish Bank superaram as previsões dos analistas. O UBS subia mais de 5%, depois do Credit Suisse ter revisto em alta a recomendação do banc

Ana Luísa Marques anamarques@negocios.pt 28 de Novembro de 2007 às 13:20
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

As praças europeias negociavam em terreno positivo, depois de ser conhecido que os resultados da Compass e do Anglo Irish Bank superaram as previsões dos analistas. O UBS subia mais de 5%, depois do Credit Suisse ter revisto em alta a recomendação do banco suíço.

O índice Stoxx 50 [sx5p] avançava 1,30% para os 3.641,22 pontos, com 40 dos 50 títulos em alta. O UBS, a Nokia e o Barclays eram os títulos que mais impulsionavam os mercados europeus.

O índice alemão DAX [dax] era o que mais subia, com um ganho de 1,29%, seguido da praça francesa [CAC], que registava uma subida de 1,25%. O FTSE subia 1,02% e o AEX [aex] ganhava 0,90%.

O grupo Compass, a maior empresa mundial de "catering", subia mais de 8% para os 312,5 pence, depois de ser conhecido que os resultados subiram 81% para os 515 milhões de libras (cerca de 740 milhões de euros). Este resultado superou os 320,8 milhões de libras estimados pelos analistas.

Os resultados do Anglo Irish Bank também superaram as estimativas dos analistas. Os lucros do terceiro maior banco irlandês subiram 52% para os 998 milhões de euros, o que compara com os 966 milhões de euros previstos inicialmente. As acções do Anglo Irish Bank já estiveram a subir mais de 13%, e seguiam a ganhar 12,22% para os 11,20 euros.

O UBS subia mais de 5%, depois do Credit Suisse ter revisto em alta a recomendação do banco suíço de "neutral" para "outperform". A British Airways avançava 4%, no dia em que o Deutsche Bank reviu a recomendação da companhia aérea britânica de "manter" para "comprar".

O Sage Group avançou mais de 10%, o maior ganho desde Setembro de 2003, depois de ter anunciado que as vendas anuais subiram 24%.

As acções da Porsche avançaram mais de 6%. A empresa anunciou que as vendas do quarto trimestre subiram 15% para os 2,36 mil milhões de euros.

Outras Notícias