Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsas europeias iniciam a mistas; petrolíferas lideram perdas

As Bolsas europeias iniciaram o dia mistas, com as petrolíferas a liderarem as perdas, ao acompanharem a queda do preço do barril de petróleo em Londres e Nova Iorque. O DAX avançava 0,08% e o Euro Stoxx 50 perdia 0,30%.

Duarte Costa 31 de Julho de 2001 às 09:07
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
As Bolsas europeias iniciaram o dia mistas, com as petrolíferas a liderarem as perdas, ao acompanharem a queda do preço do barril de petróleo em Londres e Nova Iorque. O DAX avançava 0,08% e o Euro Stoxx 50 perdia 0,30%.

O Euro Stoxx 50, índice que agrega as 50 maiores empresas europeias em termos de capitalização bolsista, marcava 3.872,66 pontos, a deslizar 0,30%.

Na Bolsa de Londres, o FTSE [UKX] recuava 0,20% para os 5.435,60 pontos, arrastado pelas petrolíferas, com o preço do barril de petróleo a perder 0,36%. A British Petroleum desvalorizava 0,79% para as 5,68 libras (9,25 euros ou 1.854 escudos), enquanto a Shell Transport, que controla 40% do grupo petrolífero Dutch/Shell, cotava nas 5,77 libras (9,40 euros ou 1.885 escudos), cair 1,11%.

Em Paris, o CAC 40 [CAC] marcava 5.024,97 pontos. A petrolífera Total Fina perdia 0,56% para os 159,50 euros (31.977 escudos), enquanto a France Telecom recuava 0,77% para os 51,60 euros (10.345 escudos).

O IBEX [IBEX] madrileno recuava 0,46% para os 8.378,80 pontos. A eléctrica Iberdrola desvalorizava 1,47% para os 14,78 euros (2.963 escudos), enquanto a Telefónica perdia 0,36% para os 13,80 euros (2.767 escudos), depois da sua participada chilena a Telefónica Chile ter anunciado perdas de 17,71 milhões de euros (2,25 mil milhões de contos) no segundo trimestre.

O DAX [DAX] de Frankfurt avançava 0,08% para os 5.797,07 pontos. A Siemens [SIE] subia 0,93% para os 63,13 euros (12.656 escudos), enquanto a Deutsche Telekom [DTE] perdia 1,71% para os 25,31 euros (5.074 escudos), depois ter registado um prejuízo de 970 milhões de euros (194,46 milhões de contos) no segundo trimestre do ano, provocado por custos com licenças de UMTS e aquisições.

Na Bolsa de Amesterdão, o AEX [AEX] avançava 0,07% para os 544,13 pontos. A Royal Dutch Petroleum, que controla 60% do grupo petrolífero Dutch/Shell, caía 0,83% para os 65,74 euros (13.180 escudos), enquanto a seguradora Aegon subia 0,61% para os 31,44 euros (6.303 escudos).

Em Milão, o MIBTEL [MIBTEL] deslizava 0,14% para os 25.700 pontos, com a petrolífera Eni, que detém 33,34% da Galp Energia, a recuara 0,40% para os 13,84 euros (2.775 escudos).

Mais lidas
Outras Notícias