Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsas europeias recuperam de dois dias de perdas apoiadas nos resultados de cotadas

As principais praças europeias estão a negociar em alta, invertendo a tendência de perdas verificada nas duas últimas sessões. A contribuir para a boa prestação dos mercados europeus estão os resultados apresentados por algumas cotadas e a expectativa face aos dados económicos sobre a maior economia mundial.

David Santiago dsantiago@negocios.pt 28 de Outubro de 2014 às 11:27
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...

As bolsas europeias seguem a registar uma sessão de ganhos, com várias das principais praças a valorizarem acima de 1%, invertendo assim o sentimento negativo que havia predominado nas últimas duas sessões bolsistas.

 

A praça italiana, que esta segunda-feira registou fortes perdas depois de nove bancos transalpinos terem chumbado nos testes de stress do Banco Central Europeu (BCE), cujos resultados foram conhecidos no domingo, segue esta terça-feira a avançar expressivos 1,69% para 19.349,95 pontos. 

 

Ainda em Itália, o índice de confiança dos empresários transalpinos avançou de 86,9 pontos em Setembro para 89,3 pontos em Outubro, uma subida apoiada na melhoria registada em todos os sectores que compõem este índice.

 

Também o espanhol IBEX a avançar 1,55%, o PSI-20 e o alemão DAX a subirem 1,42% e a praça holandesa a somar 1,21% seguem a ganhar acima de 1%. Já o Stoxx 600, que agrega as 600 maiores cotadas europeias, aprecia 0,79% para 327,66 pontos.

 

O sector automóvel e o do retalho, a avançarem 1,20%, e a banca, que cresce 0,55%, estão entre os sectores que mais estão a contribuir para a prestação positiva das praças europeias.

 

A contribuir para a subida generalizada das bolsas europeias estão os ganhos revelados pela apresentação de resultados de várias cotadas do Velho Continente.

 

Por exemplo, a Royal KPN NV soma 2,80% para 2,462 euros depois da empresa ter apresentado resultados que mostram um abrandamento na quebra dos lucros da empresa, a que se juntam as vendas acima das estimativas dos analistas.

 

Também a UPM-Kymmene Oyj aprecia 9,36% para 11,80 euros, após a segunda maior papeleira europeia ter apresentado lucros que bateram as previsões dos economistas.

 

Ainda a influenciar os mercados europeus está a expectativa dos investidores face aos dados económicos referentes à economia norte-americana, que serão conhecidos esta terça-feira, dia que assinala também o início do encontro de dois dias da Fed.

 

A Reserva Federal deverá terminar, em Outubro, o programa de compra de activos – quantitativa easing – depois de ter vindo a cortar o montante mensal disponível para este programa ao longo dos últimos meses. Tendo em conta as minutas relativas à última reunião de dois dias, a Reserva Federal deverá manter as taxas de juro em níveis em próximos de zero.

Ver comentários
Saber mais PSI-20 DAX Ibex Stoxx 600 BCE Reserva Federal
Mais lidas
Outras Notícias