Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsas europeias terminam a ganhar impulsionadas por tecnológicas e petrolíferas

As principais Bolsas europeias encerraram a valorizar, à excepção de Madrid, com as subidas a serem lideradas pelas empresas do sector tecnológico e pelas petrolíferas. O Euro Stoxx 50 crescia 0,6%.

João Mata 28 de Dezembro de 2001 às 18:04
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
As principais Bolsas europeias encerraram a valorizar, à excepção de Madrid, com as subidas a serem lideradas pelas empresas do sector tecnológico e pelas petrolíferas. O Euro Stoxx 50 crescia 0,6%.

O Euro Stoxx 50, que agrega as 50 maiores empresas europeias em termos de capitalização bolsista, marcava 3.708,31 pontos.

Na Bolsa de Frankfurt, o DAX [DAX] apreciava 0,84% para os 5.160,10 pontos, com a operadora Deutsche Telekom a subir 0,36% para os 19,30 euros (3.869 escudos) e a Siemens, que fabrica aparelhos electrónicos, a avançar 0,13% para os 74,35 euros (14.906 escudos).

Em Paris, o CAC [CAC] somou 0,73% para os 4.624,58 pontos, com a Alcatel, fabricante de equipamentos para telecomunicações, a liderar os ganhos na praça francesa, ao progredir 2,18% para os 19,20 euros (3.849 escudos).

O IBEX [IBEX], da Bolsa de Madrid, contrariou a tendência dos seus congéneres europeus, ao resvalar 0,44% para os 8.397,60 pontos, prejudicado pela queda de 1,76% sofrida pela Telefónica, que encerrou a cotar nos 15,03 euros (3.013 escudos).

O FTSE [UKX] londrino subiu 0,56% para os 5.242,40 pontos, com a petrolífera British Petroleum a avançar 0,75% para as 5,37 libras (8,81 euros ou 1.766 escudos), depois da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) ter cortado hoje as suas quotas em 1,5 milhões de barris diários, na tentativa de conter as descidas dos preços dos combustíveis.

Na praça de Amesterdão, o AEX trepou 0,42% para os 506,78 pontos. A seguradora Aegon cresceu 1,71% para os 30,40 euros (6.095 escudos) e a Royal Dutch Petroleum ganhou 1,52% para os 56,90 euros (11.407 escudos).

O MIBTEL [MIBTEL], de Milão, valorizou 0,28% para os 22.855 pontos, com a eléctrica Enel a subir 0,91% para fechar nos 6,33 euros (1.269 escudos).

Mais lidas
Outras Notícias