Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsas na Europa encerram pouco alteradas; DAX cede 0,22%

As maiores praças na Europa encerraram pouco alteradas com os principais índices ajudados pelo desempenho das empresas ligadas à indústria dos «chips». Na Alemanha, o DAX caía 0,22% arrastado pelos títulos da Volkswagen.

Pedro Carvalho pc@mediafin.pt 17 de Abril de 2002 às 17:59
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
As maiores praças na Europa encerraram pouco alteradas com os principais índices ajudados pelo desempenho das empresas ligadas à indústria dos «chips». Na Alemanha, o DAX caía 0,22% arrastado pelos títulos da Volkswagen.

O DJ Stoxx 50 valorizava 0,02% para os 3.649,19 pontos e as acções da espanhola Telefónica lideravam os ganhos no índice, embora a quebra da Volkswagen travava valorizações mais acentuadas.

Em Espanha, as acções do Banco Popular caíram 1% para os 42,95 euros, depois de ter apresentado lucros no primeiro trimestre abaixo das estimativas. Mas o IBEX35 [IBEX] conseguiu avançar 0,48% para os 8.393,80 pontos, ajudado pelas acções do Santander Central Hispano (SCH) e Telefónica.

O SCH valorizou 0,9% para os 10,04 euros, depois de ter anunciado hoje que aumentou a sua posição no chileno Banco Santiago para 79%, realizando um investimento de 670 milhões de dólares (758 milhões de euros). A operadora de telecomunicações subiu 1,9% para os 13,20 euros.

Na praça londrina, o FTSE [UKX] decresceu 0,02% para os 5.259,10 pontos com a valorização das operadoras móveis MMO2 e Vodafone a serem anuladas pela descida de 1,6% das acções da petrolífera Shell .

Em Paris, o CAC40 [CAC] desvalorizou 0,03% a marcar 4.597,30 pontos, com o fabricante de semicondutores ST Microelectonics a trepar 1,5% para os 37,75 euros, em linha com a valorização de 4% da norte-americana Intel. A empresa de media TF1 foi papel mais penalizado, sofrendo um deslizou 1,4% para os 35 euros.

Na praça de Amsterdão, o AEX somou 0,52% para os 528,83 pontos. Entre as acções mais procuradas, a Royal Philips subiu 1,78% para os 24,78 euros, a ASMR Holding ganhou 2,21% para os 27,81 euros, enquanto a petrolífera Royal Dutch Petroleum desvalorizou 0,33% terminando nos 60,70 euros.

Na Alemanha, o DAX [DAX] marcava 5.332,11 pontos pressionado pela desvalorização de 3,7% das acções do fabricante de automóveis Volkswagen, cujas acções estavam a ser negociadas a 58,67 euros.

Outras Notícias