Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsas norte-americanas agravam tendência de queda da abertura

As Bolsas norte-americanas agravavam a tendência de queda da abertura e o Nasdaq desvalorizava mais de 1%, pressionado pela Cisco Systems e WorldCom. O Dow Jones escorregava 1,07%, negociando abaixo da marca dos 10.000 pontos.

Pedro Carvalho pc@mediafin.pt 03 de Maio de 2002 às 15:01
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
As Bolsas norte-americanas agravavam a tendência de queda da abertura e o Nasdaq desvalorizava mais de 1%, pressionado pela Cisco Systems e WorldCom. O Dow Jones escorregava 1,07%, negociando abaixo da marca dos 10.000 pontos.

Com o evoluir da sessão, ambos os índices avultaram a tendência de descida da abertura, e o Nasdaq [CCMP] prosseguia com uma desvalorização de 1,24% para os 1.6624,46 pontos, enquanto o Dow Jones [INDU] cotava nos 9.987,11 pontos. Nas últimas quatro sessões o índice industrial conseguiu amealhar uma valorização de 1,8%.

Ainda antes do início da sessão, o Departamento de Trabalho norte-americano anunciou que a taxa de desemprego nos Estados Unidos (EUA) subiu em Abril para os 6%, o valor mais alto desde Agosto de 1994. Os analistas contavam com uma taxa de desemprego de apenas 5,8%.

As acções da Cisco Systems desvalorizavam 2,27% para os 13,33 dólares (14,76 euros), apesar da Merrill Lynch ter reiterado a recomendação de «compra» para as acções da empresa.

A instituição financeira First Tennessee National via as suas acções valorizarem 3,53% para os 39,9 dólares (44,2 euros). A partir do fecho da sessão de hoje, a First Tennessee irá ocupar o lugar da Compaq Computer no índice Standard & Poor?s 500, que agrega as 500 maiores empresas norte-americanas.

A Hewlett-Packard (HP) termina hoje a aquisição da Compaq, no valor de 18,5 mil milhões de dólares (20,5 mil milhões de euros), após Walter Hewlett ter acusado a empresa de fraude durante a votação de accionistas, pondo termo a oito meses de conversações. Os títulos da HP avançavam 0,41% a marcarem 17,16 dólares (19 euros).

No Nasdaq, as acções da WordCom caíam mais de 7% para os 1,81 dólares (2 euros), replicando o comportamento das homólogas europeias. Os «american depositary receipts» do Grupo Vodafone seguiam com uma descida de 7,75% para os 14,64 dólares (16,21 euros).

A pressionar o índice Dow Jones encontravam-se as acções da General Electric que acumulavam uma queda de 1,33% para os 31,16 dólares (34,52 euros). A Microsoft caía 0,7%, enquanto a Intel recuava 2,3%.

Ver comentários
Outras Notícias