Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsas norte-americanas fecham a valorizar impulsionadas pelas energéticas

As principais praças norte-americanas fecharam em alta, impulsionadas pelo sector energético, numa sessão em que o petróleo disparou mais de 3%. O Dow Jones apreciou 0,40% e o Nasdaq subiu 0,13%.

Ana Filipa Rego arego@negocios.pt 20 de Novembro de 2007 às 21:31
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

As principais praças norte-americanas fecharam em alta, impulsionadas pelo sector energético, numa sessão em que o petróleo disparou mais de 3%. O Dow Jones apreciou 0,40% e o Nasdaq subiu 0,13%.

O índice industrial Dow Jones [indu] fechou nos 13.010,14 pontos, enquanto o tecnológico Nasdaq [ccmp] negociou nos 2.596,81 pontos.

O petróleo disparou hoje mais de 3% quer em Nova Iorque quer em Londres, onde renovou máximos de sempre, depois do euro ter tocado no valor mais elevado de sempre face ao dólar. A moeda única europeia intensificou, aliás, os ganhos face ao dólar, depois da Reserva Federal (Fed) dos EUA rever em baixa as estimativas de crescimento económico, em Outubro, e mostrou-se preocupada com as perdas no mercado de crédito hipotecário.

"Muitos membros vêem riscos substanciais ao crescimento económico e consideraram que a redução nos juros desta última reunião iria providenciar uma segurança adicional contra um inesperado enfraquecimento severo da actividade económica", segundo as minutas da reunião da Fed de 30-31 de Outubro.

A valorização do petróleo impulsionou as petrolíferas, com a Exxon a disparar quase 5% para os 88,16 dólares.

Para o sentimento positivo em Wall Street contribuíram também os resultados apresentados pelas cotadas, como a Hewlett-Packard, que superaram as previsões dos analistas. Esta empresa subiu 0,32% para os 49,60 dólares.

 

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias