Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsas norte-americanas mistas com resultados

As principais praças norte-americanas abriram mistas, a reagir aos resultados apresentados pelas cotadas. O índice industrial Dow Jones ganhava 0,12% para os 11.025,11 pontos, enquanto o Nasdaq perdia 0,25% para os 2.075,56 pontos, pressionado pela queda

Paulo Moutinho 20 de Julho de 2006 às 15:16
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

As principais praças norte-americanas abriram mistas, a reagir aos resultados apresentados pelas cotadas. O índice industrial Dow Jones [indu]  ganhava 0,12% para os 11.025,11 pontos, enquanto o Nasdaq [ccmp] perdia 0,25% para os 2.075,56 pontos, pressionado pela queda da Intel.

A Intel, a maior fabricante de «chips» de computador, que ontem revelou a maior queda nos lucros em mais de quatro anos no segundo trimestre e disse que as receitas dos próximos três meses vão ficar abaixo das estimativas dos analistas, afundava 4,55% para os 17,64 dólares.

Em sentido contrário, a Apple Computers ganhava 11,55% para os 60,35 dólares, depois da fabricante ter revelado que as suas vendas de computadores Macintosh no terceiro trimestre cresceram para os 1,33 milhões, acima dos 1,25 milhões estimados pelos analistas consultados pela agência Bloomberg.

Para além do aumento das vendas de computadores, a Apple revelou igualmente que no mesmo período as vendas de iPod no trimestre terminado a 1 de Julho subiram para os 8,11 milhões, superando os 7,8 milhões estimados.

Também a subir estão os títulos da Motorola, que ganhavam 12,1% para os 21,6 dólares, depois da fabricante ter anunciado lucros do segundo trimestre que superaram as estimativas dos analistas, com o aumento das vendas de telemóveis das séries «Razr» e «Q».

A Pfizer, que reportou lucros ajustados de 50 cêntimos de dólar referentes ao segundo trimestre, acima dos 48 cêntimos estimados pelos analistas, seguia a valorizar 1,55% para os 23,66 dólares.

Já as acções da Ford caíam 0,32% para os 6,31 dólares, depois da fabricante de automóveis norte-americana ter apresentado prejuízos de 123 milhões de dólares no segundo trimestre.

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias