Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsas norte-americanas negoceiam em queda; Nasdaq desce 0,98% (act.)

O Dow Jones resvalava 0,71% e o Nasdaq recuava 0,98%, depois de duas sessões sucessivas de valorizações. A Intel deslizava 2,8% depois da Morgan Stanley ter revisto em baixa as estimativas de lucros da fabricante de microprocessadores.

Pedro Carvalho pc@mediafin.pt 16 de Agosto de 2002 às 15:09
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O Dow Jones resvalava 0,71% e o Nasdaq recuava 0,98%, depois de duas sessões sucessivas de valorizações. A Intel deslizava 2,8% depois da Morgan Stanley ter revisto em baixa as estimativas de lucros da maior fabricante mundial de microprocessadores.

O Nasdaq [CCMP] escorregava para os 1.331,79 pontos, enquanto o Dow Jones [INDU] caía para os 8.755,97 pontos. Nas últimas duas sessões de Bolsa, o Nasdaq amealhou um ganho de 5,96% e o índice industrial acumulou uma subida de 3,95%.

A semana ficou marcada pela decisão da Reserva Federal norte-americana (Fed) na quarta-feira de manutenção dos juros inalterados, alertando para eventuais futuros cortes no preço do dinheiro, já que os receios de abrandamento económico são superiores às pressões inflacionistas.

Três indicadores divulgados hoje vieram a confirmar essa visão assumida pela instituição liderada por Alan Greenspan. O índice de preços no consumidor (IPC) cresceu apenas 0,1% em Julho, abaixo dos 0,2% esperados pelos analistas.

Por outro lado, as casas em início de construção registaram um declínio pelo segundo mês consecutivo, um sinal que sugere o abrandamento do mercado imobiliário, um dos escassos sectores que tem escapado ao abrandamento económico.

Separadamente, a Universidade de Michigan revelou que a confiança dos consumidores caiu em Agosto, enquanto os economistas previam uma subida.

No mercado de capitais, as acções da Intel resvalavam 2,8% para os 18,08 dólares (18,46 euros). A Morgan Stanley desceu a sua previsão para os lucros da empresa em 2002, revendo igualmente em baixa o preço-alvo dos anteriores 38 dólares (38,87 euros) para os actuais 27 dólares (27,50 euros).

O fabricante de «software» Autodesk caía 5,79% para os 10,98 dólares (11,21 euros), e o fabricante de processadores para criação dos gráficos nos computadores Nvidia desvalorizava 6,77% para os 9,47 dólares (9,67 euros). Ambas as empresas anunciaram que os seus lucros no trimestre iriam falhar as expectativas dos analistas.

A Dell Computer avançava 0,11% até aos 27,18 dólares (27,75 euros), depois de ter apresentado lucros de 501 milhões de dólares (511 milhões de euros) no segundo trimestre, em linha com o esperado.

A Boeing crescia 1,63% a marcar 38,10 dólares (38,90 euros). O fabricante ganhou uma encomenda para a construção de aviões de transporte para o Pentágono, um contrato avaliado em 9,76 mil milhões de dólares (9,96 mil milhões de euros).

Ver comentários
Outras Notícias