Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

BVLP segue Europa com TMT a liderarem perdas (act.)

A BVLP iniciou a sessão a desvalorizar, acompanhando a tendência da Europa, com as TMT a liderarem as perdas. O PSI20 abriu a perder 0,23% e o PSI30 recuava 0,20%, enquanto o Euro Stoxx 50 caía 0,75%.

Duarte Costa 17 de Julho de 2001 às 10:04
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A Bolsa de Valores de Lisboa e Porto (BVLP) iniciou a sessão a desvalorizar, acompanhando a tendência da Europa, com as telecomunicações, media e tecnologias (TMT) a liderarem as perdas. O PSI20 [PSI20] abriu a perder 0,23% e o PSI30 recuava 0,20%, enquanto o Euro Stoxx 50 caía 0,75%.

O principal índice da Bolsa nacional, o PSI20, abriu nos 7.910,74 pontos, enquanto o PSI30 recuava 3.658,77 pontos.

A Portugal Telecom [PLTM], que anunciou hoje ter pedido o registo da oferta pública de troca (OPT) sobre a Telesp Celular junto da Securities and Exchange Commission (SEC) e da Comissão de Valores Mobiliários no Brasil (CVM), recuava 0,51% para os 7,76 euros.

A «dot.com» do grupo liderado por Murteira Nabo, a PTM.com [PTD], perdia 0,42% para os 2,35 euros (471 escudos), enquanto a PTM [PTM] negociava nos 9,55 euros (1.915 escudos), a desvalorizar 3,44%.

A Brisa [BRISA] abriu a cair 0,10% para os 9,89 euros (1.983 escudos), com as acções resultantes da última fase de privatização a iniciarem a negociação na BVLP.

A Electricidade de Portugal [EDP] recuava 0,35% para os 2,81 euros (563 escudos), enquanto a Telecel [TLE] avançava 0,11% para os 9,35 euros (1.875 escudos).

A ParaRede [PARA] caía 1,37% para os 0,72 euros (144 escudos), enquanto a Impresa [IPR] perdia 0,44% para os 2,26 euros (453 escudos) e a Sonae.com [SNC] cotava nos 2,30 euros (461 escudos), a recuar 0,86%.

O Banco Comercial Português [BCP] avançava 0,48% para os 4,22 euros (846 escudos), evitando uma maior desvalorização da Bolsa nacional.

A Sonae Indústria [SONA], que iniciou hoje a negociar em ex-direitos e quase duplicou o seu peso no PSI30, avançava 0,96% para os 4,12 euros (826 escudos), enquanto a «holding» do Grupo Sonae, a Sonae SGPS [SON], cotava inalterada nos 0,82 euros (164 escudos).

A Jerónimo Martins [JMAR] recuava 0,92% para os 7,53 euros (1.510 escudos), enquanto a Modelo Continente [MCON] cotava inalterada nos 1,31 euros (263 escudos), depois da Schroder Salomon Smith Barney ter reduzido o «preço alvo» de 2,40 euros (481 escudos) para o 1,85 euros (371 escudos), devido à desvalorização do real.

Ver comentários
Outras Notícias