Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

BVLP segue pouco alterada com BCP a compensar queda da PT e Sonae

A Bolsa nacional seguia pouco alterada, com a subida do Banco Comercial Português (BCP) a compensar parcialmente as quedas registadas pela Portugal Telecom (PT) e pela Sonae. O PSI20 caía 0,02% e o PSI30 recuava 0,06%.

João Mata 27 de Agosto de 2001 às 12:52
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A Bolsa nacional seguia pouco alterada, com a subida do Banco Comercial Português (BCP) a compensar parcialmente as quedas registadas pela Portugal Telecom (PT) e pela Sonae. O PSI20 caía 0,02% e o PSI30 recuava 0,06%.

O PSI20 [PSI20] marcava 7.678,50 pontos, enquanto o PSI30 estava nos 3.564,11 pontos e o Euro Stoxx 50, índice que reúne as 50 maiores empresas europeias em termos de capitalização bolsista, ganhava 0,77% para os 3.766,50 pontos.

A liquidez do mercado, em termos de valor, situava-se nos 30 milhões de euros (6 milhões de contos), um valor que «continua a ser fraco, apesar de ser superior à média das últimas sessões, segundo afirmou Francisco Guarmon, corretor da Probolsa.

O BCP [BCP] valorizava 0,9% para os 4,50 euros (902 escudos), depois de ter chegado a transaccionar nos 4,59 euros (920 escudos), o nível mais elevado em mais de dois meses.

A PT [PLTM] caía 1,39% para os 7,12 euros (1.427 escudos), tendo chegado a cotar nos 7,01 euros (1.405 escudos) durante a manhã, registando um novo mínimo desde Outubro de 1998.

«A razão desta queda (da PT) deve ter sido testar o valor para o possível cancelamento da Oferta Pública de troca (OPT) sobre a Telesp Celular», defendeu o mesmo operador.

A operadora nacional incluiu como uma das condições para retirar a oferta sobre a brasileira Telesp Celular Participações caso a sua cotação baixasse os 7,02 euros (1.407 escudos). Fonte oficial da PT disse ao Negocios.pt que «neste momento, a OPT decorre com normalidade e tranquilidade, não estando previsto o seu cancelamento».

A Sonae SGPS [SON] deslizava 1,45% para os 0,68 euros (136 escudos), depois de atingir um novo mínimo histórico nos 0,67 euros (134 escudos), prejudicada «pela falta de notícias, uma vez que a empresa não tem falado com o mercado» para explicar como está a decorrer a sua actividade e quais os seus planos para o futuro, defendeu a mesma fonte.

A subsidiária do grupo de Belmiro de Azevedo para as telecomunicações, a Sonae.com [SNC], perdia 1,68% para os 1,76 euros (353 escudos), enquanto a PT Multimédia (PTM) [PTM] recuava 1,09% para os 9,10 euros (1.824 escudos).

A Brisa [BRISA] valorizava 1,08% para os 10,28 euros (2.061 escudos), beneficiando de expectativas de «bons resultados», e do facto de «ainda haver interesse em entrar no papel, segundo o mesmo operador. A concessionária de auto-estradas vai apresentar os resultados relativos ao primeiro semestre do ano na próxima quarta-feira.

Outras Notícias