Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

CaixaBank reforçou no BPI e detém agora 44,54% do capital do banco

Os catalães do CaixaBank compraram 6,48 milhões de acções do BPI entre 27 de Abril e 4 de Maio, passando a posição que detêm no banco liderado por Fernando Ulrich de 44,1% para 44,54%.

David Ramos/Bloomberg
Negócios 05 de Maio de 2016 às 00:04
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...

Entre 27 de Abril e 4 de Maio, o CaixaBank comprou 6.483.885 acções do BPI, representativas de 0,445% do capital social e 0,447% dos direitos de voto do banco português, segundo comunicado divulgado esta noite na CMVM.


O valor total destas aquisições cifrou-se em 7,13 milhões de euros, de acordo com o mesmo documento.


"Na sequência destas aquisições, o CaixaBank passou a deter directamente 648.946.421 acções do BPI representativas de 44,54% do capital social e 44,71% direitos de voto do BPI, considerando, de acordo com a comunicação ao mercado da sociedade visada de 30 de Março de 2016, disponível no sistema de difusão de informação da CMVM, a existência de 5.575.210 acções próprias, correspondentes a 0,38% do capital social do BPI", acrescenta o comunicado.


Os catalães do CaixaBank fizeram assim estas compras já depois de terem lançado a OPA sobre o BPI, quando ainda detinham 44,1% do capital.


No dia 18 de Abril, recorde-se, o CaixaBank anunciou uma nova tentativa de comprar os 55,9% que lhe faltavam do banco liderado por Ulrich. Nesse dia, o banco catalão anunciou o lançamento de uma Oferta Pública de Aquisição sobre o BPI, oferecendo 1,113 euros por acção. A operação ficou condicionada à eliminação do limite de direitos de voto no banco português.


O BPI encerrou a sessão desta quarta-feira a subir 0,99% para 1,118 euros.

Ver comentários
Saber mais BPI Oferta Pública de Aquisição banca
Outras Notícias