Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Companhias aéreas e retalhistas impulsionam Europa com petróleo em queda

As bolsas europeias seguiam a valorizar, beneficiando da queda dos preços do petróleo, com as companhias aéreas a liderarem os ganhos.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 08 de Abril de 2005 às 10:08

As bolsas europeias seguiam a valorizar, beneficiando da queda dos preços do petróleo, com as companhias aéreas a liderarem os ganhos.

O DJ Stoxx 50 subia 0,3% para os 2.915,89 pontos, com o petróleo a recuar pela quinta sessão consecutiva, cotando abaixo dos 54 dólares em Nova Iorque e em Londres. O sector das companhias aéreas é o mais beneficiado com a descida do petróleo, estando hoje a liderar os ganhos entre as acções europeias, enquanto as retalhistas também animavam os índices.

O CAC 40 subia 0,41% para os 4.141,17 pontos, com as acções da Air France KLM a apreciarem 1,57%. O Carrefour e a Capgemini valorizavam mais de 1%, contribuindo também para a subida do índice francês.

Em Frankfurt o DAX apreciava 0,46% até aos 4.409,68 pontos. A Deutsche Lufthansa subia 1,63% para os 11,22 euros e a retalhista Metro valorizava 1,78% até aos 44,15 euros.

Na praça de Londres o FTSE subia 0,29% até aos 4.991,40 pontos. As farmacêuticas impulsionavam o índice, com a Astrazeneca a subir 0,37% e a GlaxoSmithKline a crescer 0,57%.

O IBEX de Madrid crescia 0,31% para os 9.421 pontos, estando a companhia aérea Ibéria a comandar os ganhos, com uma valorização de 1,17% até aos 2,59 euros. A banca também ajudava, com o Popular a subir 0,88% e o Santander a crescer 0,63%.

Na bolsa de Amesterdão, o AEX aumentava 0,34% para os 374,06 pontos. A ASML, empresa do sector dos «chips», ganhava 2,23% e a retalhista Ahold apreciava 1,58% para os 6,42 euros.

Ver comentários
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio