Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Abrandamento do crescimento económico da China penaliza bolsas dos EUA

Os principais índices bolsistas dos EUA iniciaram a sessão em queda, penalizados pela evolução da economia chinesa.

Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 15 de Abril de 2013 às 14:38
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...

O Dow Jones cai 0,42% para 14.802,80 pontos, o Nasdaq cede 0,51% para 3.278,00 pontos e o S&P500 cai 0,5% para 1.580,41 pontos.

 

A economia chinesa cresceu 7,7% no primeiro trimestre do ano, mas ficou aquém do que estava a ser previsto. Os economistas antecipavam uma expansão económica de 8%. Além de ter ficado aquém das previsões, representa um abrandamento da economia face ao último trimestre do ano passado, período em que a China cresceu 7,9%.

 

Este comportamento aumenta os receios de que a economia mundial esteja novamente a abrandar. E é esse receio que está a penalizar a negociação bolsista um pouco por todo o mundo. As quedas nos índices japoneses foi superior a 1% e, na Europa, as quedas rondam os 0,5%.

 

Nos EUA, os sectores mais penalizados são os que estão mais expostos à evolução da economia. Como a Freeport-McMoRan Copper & Gold, ligada à produção de cobre, que está a perder 6,14% para 29,96 dólares.

 

A queda do ouro, devido à evolução da economia da China e à possível venda de reservas por parte de Chipre, está também a penalizar as acções da Newmont Mining, a maior produtora de ouro dos EUA. As acções cedem 5,69% para 34,30 dólares, uma tendência que está a ser espelhada em todo o sector.

 

Em alta seguem as acções do Citigroup, depois do banco ter reportado um aumento dos resultados do primeiro trimestre do ano em 30%. Os títulos do banco sobem 2,75% para 46,01 dólares.

 

(Notícia actualizada às 14h50 com mais informação e cotações)

Ver comentários
Saber mais Bolsas EUA Dow Jones S&P500 Nasdaq
Mais lidas
Outras Notícias