Bolsa CTT em mínimos e queda da Sonae pressionam bolsa nacional

CTT em mínimos e queda da Sonae pressionam bolsa nacional

A bolsa nacional voltou a fechar em queda, num dia marcado por quedas generalizadas na Europa. Os CTT e a Sonae SGPS perderam mais de 2%, com os correios a tocarem num novo mínimo histórico.
A carregar o vídeo ...
Sara Antunes 25 de junho de 2019 às 16:42

A bolsa nacional fechou a segunda sessão consecutiva de queda, num dia em que os investidores pressionaram a generalidade das praças europeias.

 

O ambiente de incerteza geopolítica (EUA/Irão e EUA/China) está a deixar os investidores nervosos, num período que antecede a apresentação de resultados do segundo trimestre do ano. E os analistas estão a aumentar as estimativas de quebra de lucros na Europa. Assim, o sentimento negativo está a marcar o passo.

 

Lisboa não escapa desta tendência, com o PSI-20 a cair 0,44% para 5.062,31 pontos, com 13 cotadas em queda, quatro em alta e uma inalterada.

Na praça nacional, destaque pela negativa para os CTT, cujas ações renovaram o mínimo histórico, ao tocarem nos 2,03 euros. As ações dos correios terminaram a sessão a desceram 2,77% para 2,036 euros.

A pesar na negociação esteve a Sonae SGPS, ao perder 2,31% para 0,826 euros, enquanto a outra retalhista nacional, a Jerónimo Martins, terminou o dia inalterada a cotar nos 14,24 euros.

A pesar na negociação esteve também a Galp Energia, ao ceder 1,13% para 13,18 euros.

Do lado oposto estiveram as ações da Altri, ao dispararem 5,32% para 5,845 euros, bem como do BCP, que subiu 0,42% para 0,2607 euros.




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI