Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

CTT em novo mínimo já perde mais de 30% este ano

As acções dos CTT estão novamente em queda, negociando pela primeira vez abaixo dos seis euros desde 2014.

Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 27 de Setembro de 2016 às 10:34
  • Assine já 1€/1 mês
  • 12
  • ...

Os CTT voltaram às quedas esta terça-feira, 27 de Setembro, recuando 1,48% para 5,975 euros, tendo chegado a tocar nos 5,963 euros já esta manhã, o que corresponde ao valor mais baixo desde 2014.

As acções da empresa de correios têm vindo a deslizar, acumulando já uma descida de 31,88% desde o início do ano, o que coloca o valor de mercado em 904,7 milhões de euros.

 

Os CTT têm estado sob pressão, sobretudo, desde que apresentaram os resultados do primeiros seis meses do ano. Os resultados foram revelados a 4 de Agosto, tendo sido reportado uma queda de 19% dos lucros para 31,7 milhões de euros. O Banco CTT impactou o resultado em 10,2 milhões de euros. 

 

Desde então têm sido várias as casas de investimento que emitiram notas de análise onde reviram as suas estimativas e avaliações dos CTT. A última foi ontem, a IM Valores, que reduziu o preço-alvo para as acções de 7,70 euros para 7,20 euros, o que ainda assim confere às acções um potencial de subida na ordem dos 20%. A casa de investimento justifica a descida com o "cenário mais conservador" do que antes para o negócio das encomendas e para o segmento bancário.

 

Depois de ter fechado o ano de 2015 com lucros de 72,1 milhões, os analistas da IM Valores antecipam que a empresa vai registar um resultado líquido de 64 milhões de euros este ano e 57 milhões em 2017.

Acções dos CTT em queda desde apresentação de resultados:

























(Correcção: Onde se lia máximo histórico deve ler-se máximos de 2014)
Ver comentários
Saber mais CTT bolsa research
Mais lidas
Outras Notícias