Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Dados económicos impulsionam Wall Street

As bolsas norte-americanas encerraram em terreno positivo, porque o facto de a produção industrial ter crescido mais do que o esperado ofuscou a subida de tom da tensão no Iraque.

Bloomberg
Ana Filipa Rego arego@negocios.pt 16 de Junho de 2014 às 21:39
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Dow Jones subiu 0,03% para 16.781,01 pontos, o Nasdaq apreciou 0,24% para 4.321,105 pontos e o S&P 500 somou 0,08% para 1.937,78 pontos.

 

A Gazprom, companhia russa de gás natural, informou esta segunda-feira, 16 de Junho, que passará a fornecer à Ucrânia apenas gás pago em adiantado. A falha da Ucrânia no pagamento de parte da sua dívida de gás justifica a decisão, refere a Reuters.

 

 Também esta segunda-feira, a empresa ucraniana de gás Naftogaz informou ter entrado com uma acção no tribunal de arbitragem de Estocolmo para tentar recuperar cerca de 6 mil milhões de dólares pagos pagos indevidamente à Gazprom.

 

Já no Iraque, residentes na cidade de Tal Afar disseram à Reuters que a cidade caiu perante os rebeldes do Estado Islâmico do Iraque e do Levante (EIIL), após uma batalha que deixou pesadas baixas em ambos os lados.

 

A tensão quer na Rússia quer no Iraque está a penalizou o sentimento dos investidores durante grande parte da sessão, mas os dados económicos acabaram por pesar mais. A produção industrial nos EUA aumentou mais do que o esperado, em Maio. A produção nas fábricas, minas e utilities subiu 0,6%, anunciou hoje a Reserva Federal.

 

A impulsionar estiveram empresas como a Intel, que valorizou 0,50% para 30,01 dólares, e como a General Motors, que avançou 1,21% para 36,06 dólares.

 

As bolsas norte-americanas subiram,  depois de terem registado a primeira queda semanal em quase um mês, na semana passada.

 

Ver comentários
Saber mais Wall Street bolsas Dow Jones Nasdaq
Outras Notícias