Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Debilidade nas telecomunicações ofusca lucros no retalho e quebra Wall Street

As bolsas norte-americanas registaram uma sessão volátil, entre ganhos e perdas pouco expressivos. As boas contas no retalho foram ofuscadas pela queda nos títulos das telecomunicações e pelos dados fracos relativos ao arranque de novas construções no país.

O início do ano está a ser marcado por         um crescimento das ordens sobre ações e títulos de dívida.
Lucas Jackson/Reuters
Carla Pedro cpedro@negocios.pt 18 de Maio de 2021 às 21:16
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O Dow Jones fechou a ceder 0,78%, para se fixar nos 34.060,66 pontos. Isto depois de a 10 de maio ter fixado um novo máximo histórico nos 35.091,56 pontos – o que significa que desde então já perdeu mais de mil pontos.

 

Já o Standard & Poor’s 500 recuou 0,85%, para 4.127,83 pontos. No dia 7 de maio fixou um valor nunca antes atingido, nos 4.238,04 pontos.

 

Por seu lado, o tecnológico Nasdaq Composite desvalorizou 0,56% para 13.303,64 pontos.

 

Os três grandes índices estavam a conseguir aguentar-se no verde, devido sobretudo aos resultados trimestrais acima do esperado por parte de retalhistas de peso, como a Walmart e a Home Depot, mas acabaram por inverter devido à forte queda dos títulos das tecnológicas, especialmente das telecomunicações – como a AT&T, e aos dados fracos relativos ao arranque de novas construções no país.

 

Na reta final da negociação, o Nasdaq conseguiu regressar a terreno positivo e os restantes índices começaram também a aliviar as perdas, mas nos últimos minutos a tendência acabou por se consolidar no vermelho.

Ver comentários
Saber mais wall street dow jones s&p 500 Nasdaq bolsas EUA
Outras Notícias