Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Deutsche Bank recupera e anima Europa

As bolsas europeias estão com sinal verde esta quarta-feira, numa altura em que o Deutsche Bank ganha mais de 3% e lidera os ganhos do sector financeiro da região.

Bloomberg
Rita Faria afaria@negocios.pt 28 de Setembro de 2016 às 08:54
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

As bolsas europeias estão a negociar em alta esta quarta-feira, 28 de Setembro, depois de duas sessões em que as preocupações em torno da banca da região estiveram no centro das atenções.

O índice de referência para a Europa, o Stoxx600, sobe 0,76% para 342,79 pontos, animado sobretudo pelas empresas produtoras de matérias-primas, sector dos media e construção.

O sector financeiro também segue com sinal verde, depois de o índice que reúne os maiores bancos europeus ter atingido, ontem, o valor mais baixo desde 24 de Agosto.

A puxar pelos ganhos do sector está o alemão Deutsche Bank, o mesmo que arrastou as bolsas nos últimos dias. O maior banco da Europa valoriza 3,46% para 10,915, reagindo positivamente à notícia de que a instituição vendeu a sua unidade de seguros no Reino Unido, a Abbey Life Assurance ao Phoenix Group por 935 milhões de libras (cerca de 1,08 mil milhões de euros).

A animar os investidores estão ainda as declarações do CEO, John Cryan, que, em entrevista ao Bild, descartou a necessidade de realizar um aumento de capital "neste momento" e qualquer ajuda por parte do Governo.

"Em nenhum momento pedi ajuda à chanceler. Nem sequer sugeri nada disso", afirmou, em declarações ao Bild.

As acções do Deutsche Bank atingiram esta terça-feira um novo mínimo histórico de 10,18 euros, depois de duas sessões em que os títulos estiveram sob forte pressão devido aos receios dos investidores em torno dos níveis de capital da instituição e da sua capacidade para enfrentar uma pesada multa da justiça norte-americana.

 

Também o Commerzabank ganha 0,69% para 5,955 euros, recuperando parte das perdas registadas nas últimas sessões. Os títulos caíram mais de 4% na terça-feira, reagindo à notícia de que o banco pretende eliminar 9 mil empregos e suspender o pagamento de dividendos

Ver comentários
Saber mais Europa Deutsche Bank bolsas mercados banca Stoxx600
Outras Notícias