A carregar o vídeo ...
Em direto Negócios Iniciativas

Glocal Matosinhos | Pensar Global Agir Local

Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

EDP e BPI recuam mais de 3% e pressionam PSI20 para queda de 0,08%; BCP dispara (act.)

A Bolsa nacional fechou em descida, embora a aliviar do mínimos, com as quedas de mais de 3% da EDP e do Banco BPI a pressionarem o PSI20 para uma desvalorização de 0,08%. O BCP subiu pela sexta sessão consecutiva, aumentando 5,26%.

Pedro Carvalho pc@mediafin.pt 12 de Março de 2003 às 17:02
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A Bolsa nacional fechou em descida, embora a aliviar do mínimos, com as quedas de mais de 3% da EDP e do Banco BPI a pressionarem o PSI20 para uma desvalorização de 0,08%. O BCP subiu pela sexta sessão consecutiva, aumentando 5,26%.

O PSI20 [PSI20] cotava no fecho nos 5.370,61 pontos, com 10 acções em queda, quatro a acumularem valor, e seis inalteradas.

A pressionar o índice, a Electricidade de Portugal (EDP) [EDP] que no início da semana disparou mais de 6%, desceu hoje 3,33% para 1,45 euros.

A Sonae SGPS [SON] perdeu 5,41% para 0,35 euros. A «holding» anunciou, já após o fecho, prejuízos relativos a 2002 de 56 milhões de euros, o que compara com lucros de 55 milhões em 2001.

A Sonae Indústria [SONA] afundou 14,7% para 3,25 euros, depois Tafisa, controlada em 94% pela Indústria, ter anunciado uma operação simultânea de redução e reforço de capital, para limpeza do passivo e reforço dos capitais próprios.

O Banco Comercial Português (BCP) [BCP] aumentou 5,26% para 1,60 euros, líder na liquidez com quase 7 milhões de valores movimentados. As especulações sobre a intenção do BBVA em entrar na estrutura accionista do banco continuavam a suportar o papel, segundo operadores.

De acordo com a edição de hoje do «Público», o BBVA fará parte de um consórcio de bancos escolhidos pela Merrill Lynch e pelo UBS Warburg e que poderão ficar com os direitos sobrantes do aumento de capital do BCP. A negociação dos direitos far-se-á do dia 17 ao dia 25 de Março.

O Banco BPI [BPIN] depois de ter batido no máximo anual de 2,33 euros, fechou em queda de 3,04% para 2,23 euros.

A Portugal Telecom (PT) [PTC] cotava no final nos 6,01 euros, a perder 1,15%. O Espírito Santo Research baixou a ponderação da operadora na sua carteira modelo, aumentou ao invés, o peso da Telefónica.

A Cofina [COFI] cujos lucros em 2002 subiram 15,5% para 8,54 milhões de euros, encerrou inalterada nos 1,94 euros.

Outras Notícias