Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

EDP em alta contraria BCP e suporta ganhos do PSI-20

A bolsa nacional mantém a tendência positiva registada na abertura da negociação de hoje, suportada pelos ganhos da EDP e pela nova valorização da PT que contrariavam a queda do BCP. O PSI-20 somava 0,12%, numa sessão em que a Galp Energia igualou o valor

Paulo Moutinho 27 de Março de 2007 às 10:13
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A bolsa nacional mantém a tendência positiva registada na abertura da negociação de hoje, suportada pelos ganhos da EDP e pela nova valorização da PT que contrariavam a queda do BCP. O PSI-20 somava 0,12%, numa sessão em que a Galp Energia igualou o valor mais elevado de sempre.

O principal índice de referência do mercado nacional [psi20] avança para os 11.808,76 pontos, com 11 das vinte cotadas a valorizar, cinco em queda e quatro títulos inalterados. Foram negociados, até ao momento, mais de 53 milhões de euros.

Para a valorização da bolsa portuguesa está a contribuir, em grande parte, a subida dos títulos da Energias de Portugal [edp] que valorizam 0,73% para 4,13 euros, tendo já chegado a ganhar mais de 1% durante a negociação.

A impulsionar as acções da eléctrica nacional está a aquisição de uma empresa de parques eólicos nos Estados Unidos, a Horizon Wind Energy, numa transacção que avalia a empresa americana em 2,15 mil milhões de dólares (1,61 mil milhões de euros) e com a qual a EDP torna-se num dos principais "players" mundiais nas energias renováveis.

Ainda no sector das energias e também em alta está a Galp Energia [galp pl] que seguia a valorizar 0,4% para 7,52 euros, tendo já igualado o valor mais elevado de sempre, nos 7,55 euros, durante a sessão.

A Portugal Telecom [ptc] volta a valorizar. As acções da maior operadora de telecomunicações nacional seguem a ganhar 0,2% para os 10,15 euros, dando seguimento à tendência positiva de ontem. A PT Multimédia [ptm] recuava 0,81% para 11,05 euros.

Em sentido descendente segue também o Banco Comercial Português [bcp] que recua 0,72% para os 2,74 euros, aliviando da forte subida de ontem, tendência acompanhada pelo BPI [bpin], o alvo de Paulo Teixeira Pinto, que cede 1,07% para 6,50 euros.

Ainda na banca, mas fora do PSI-20, o Finibanco cede 3,53% para 3,55 euros com 15 acções negociadas, enquanto o Banif [banin] avança 1,25% para 5,68 euros, ainda a beneficiar da revisão em alta do seu preço-alvo para 7,50 euros por parte do UBS. O BES [besnn] valoriza 0,14% para cotar nos 14,37 euros.

A subir estão ainda a Semapa [sema], que ganha 0,8% para 11,30 euros, e a Cimpor [cimp], que soma 0,63% para 6,42 euros. A Novabase [nba] também ganha 0,41% para os 4,94 euros, a beneficiar do reinicio da cobertura dos seus títulos por parte do Millennium bcpi.

O banco de investimento recomenda "comprar" títulos da tecnológica e atribui à empresa um "target" de 5,60 euros, o que representa um potencial de valorização de 13,36% face à cotação actual.

Ver comentários
Outras Notícias