Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

EDP, PT e Brisa arrastam Euronext Lisbon; PSI20 cai 0,27%

A Euronext Lisbon seguia a perder, com os ganhos do BCP, Jerónimo Martins e Cofina a não compensarem as quedas da Electricidade de Portugal (EDP), Portugal Telecom e Brisa. PSI20 caía 0,27%.

Paulo Soares de Oliveira 21 de Outubro de 2002 às 13:07
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A Euronext Lisbon seguia a perder, com os ganhos do BCP, Jerónimo Martins e Cofina a não compensarem as quedas da Electricidade de Portugal (EDP), Portugal Telecom e Brisa. PSI20 caía 0,27%.

O PSI20 cotava nos 5.266,32 pontos com 12 empresas a cair, quatro a subir e quatro inalteradas.

A «sessão segue caracterizada por uma liquidez reduzida, motivada por algumas correcções técnicas e um comportamento pior do que as praças europeias, que encetavam uma recuperação depois de terem aberto em queda», disse ao Negocios.pt Miguel Fleming de Oliveira da Fincor.

Nas praças europeias, o IBEX [IBEX] crescia 0,37%, o FTSE [UKX] somava 0,1%, e o CAC valorizava 0,18%. Na Alemanha, o DAX [DAX] apreciava 0,08%.

O mesmo responsável acrescenta que a evolução da sessão irá depender dos futuros sobre o Standard & Poor"s, que caía 0,31%, e sobre o Nasdaq, que perdia 0,47%.

A Electricidade de Portugal [EDP] liderava as perdas ao cair 1,92% para os1,53 euros.

As empresas de telecomunicações nacionais não conseguiam acompanhar a recuperação média de 1,5% das suas congéneres internacionais e seguiam a com uma desvalorização média de 0,5%

A Portugal Telecom [PTC] regredia 1,08% para os 5,47 euros, em contra ciclo com as suas congéneres europeias. A Deutsche Telekom ganhava 0,10%, a espanhola Telefónica subia 0,68% e a France Télécom avançava 2,72%.

A PT Multimedia [PTM] realizava uma correcção técnica da última semana ao perder 2,26% para os 7,36 euros, o mesmo sucedendo com a Impresa [IPR], que perdia 1,84% para 1,60 euros.

A Vodafone Telecel [TLE] seguia a perder 0,29% para os 6,76 euros, influenciada pela revisão em baixa da Goldman Sachs que desceu a recomendação de «trading buy» para «market perform» para a operadora nacional de telecomunicações. As acções da operadora móvel desvalorizaram um máximo de 1,47%.

O sector da banca reflectia um comportamento superior à média europeia com os títulos do Banco Comercial Português [BCP] a subirem 1,43% para os 2,13 euros, «beneficiando do anúncio eminente de resultados para amanhã da instituição bancária liderada por Jardim Gonçalves», acrescentou o mesmo operador.

A instituição liderada por Jardim Gonçalves apresentará amanhã as contas trimestrais. Os analistas contactados pelo Negocios.pt acreditam que os lucros do BCP devem totalizar 445 milhões de euros no primeiros nove meses do ano, o que representaria uma quebra de 14% em relação a idêntico período de 2001.

O Banco Espírito Santo [BESNN] cotava inalterado nos 10,72 euros e o BPI [BPIN] seguia regredia 0,54% para 1,83 euros.

A Cimpor [CIMP] caía 0,30% para os 16,85 euros. A cimenteira nacional liderada por Ricardo Bayão Horta anunciou o reforço da sua posição na cimenteira sul-africana Natal Portland dos anteriores 37,2% para 98,1%, adquirindo a quase totalidade do capital disponível, num investimento total de 119,5 milhões de euros.

A Brisa [BRISA] descia 0,60% para os 4,99 euros, e a Portucel [PTCL] seguia a perder 0,84% para 1,18 euros.

Outras Notícias