Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Euronext Lisbon acumula ganhos em linha com a Europa

A bolsa nacional seguia a subir com os títulos a Portugal Telecom (PT) e a Electricidade de Portugal (EDP) a liderarem as valorizações. O PSI-20 acumulava 0,10% depois de ter ultrapassado o anterior máximo anual ao marcar 6.770,53 pontos.

Pedro Viana pviana@mediafin.pt 30 de Dezembro de 2003 às 13:13
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A bolsa nacional seguia a subir com os títulos a Portugal Telecom (PT) e a Electricidade de Portugal (EDP) a liderarem as valorizações. O PSI-20 acumulava 0,10% depois de ter ultrapassado o anterior máximo anual ao marcar 6.770,53 pontos.

O índice nacional, o PSI-20 [PSI-20], cotava nos 6.739,20 pontos, acima do máximo anual atingido ontem, com nove acções a subir, nove a descer e duas inalteradas.

A Portugal Telecom (PT) [PT] liderava os ganhos, com valorizações de 0,51% atingindo os 7,95 euros. A eléctrica nacional EDP [EDP] crescia 0,48% para 2,08 euros.

A Impresa aumentava 1,76% para os 3,44 euros, depois de os analistas do Banco Santander terem afirmado que as acções do grupo de media que detém a SIC poderão valorizar no próximo ano com o aumento de publicidade que advirá do Euro 2004.

Na banca, o Banco Comercial Português (BCP) [BCP] era o título que mais contribuía para a depreciação do índice ao cair 0,56% para os 1,76 euros, continuando a liderar o «ranking» dos mais negociados com 2,6 milhões de títulos a mudarem de dono. O Banco Espírito Santo (BES) [BES] era outro dos maiores contribuintes ao cair 0,31% para os 13,01 euros.

O Banco BPI [BPIN] aumentava 0,34%, para 2,94 euros, já depois de ter atingido outro máximo do ano na sessão de hoje ao tocar nos 2,95 euros.

A Portucel [PTCL] seguia a ganhar 0,72% para os 1,39 euros no dia em que os concorrentes à privatização dos 30% da empresa ficaram a saber que a data limite de entrega das propostas é o dia 11 de Fevereiro de 2004 e que terão de desembolsar um mínimo de 333,86 milhões de euros.

A Sonae SGPS [SON] ganhava 1,52% para os 0,67%, sendo o segundo título mais activo, a Gescartão, avançava 0,79% para 7,61 euros e a Cofina perdia 0,79% para 2,52 euros.

A Mota-Engil [EGL] Engenharia e Construção, que procedeu à realização de um aumento de capital para 100 milhões de euros para incorporar os activos que estavam na «holding», valorizava 3,33% para 1,55 euros.

A Novabase [NBA] crescia 2,05% para os 5,97 euros. O Canal de Negócios noticiou hoje que a tecnológica vai disponibilizar um relógio identificador para melhorar a segurança nos acessos aos estádios do Euro 2004.

Ver comentários
Outras Notícias