Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Euronext Lisbon em contra ciclo com Europa; PSI-20 cede 0,05%

A Bolsa nacional negociava com o PSI-20 a desvalorizar 0,05%, com as subidas da Brisa e da Portugal Telecom (PT) a não serem suficientes para contrariar as perdas da EDP e Sonae, apesar das principais praças europeias avançarem com ganhos.

Diogo Simão ds@mediafin.pt 26 de Maio de 2003 às 13:35
  • Partilhar artigo
  • ...
A Bolsa nacional negociava com o PSI-20 a desvalorizar 0,05%, com as subidas da Brisa e da Portugal Telecom (PT) a não serem suficientes para contrariar as perdas da EDP e Sonae, apesar das principais praças europeias avançarem com ganhos.

As principais praças europeias subiam, depois do instituto alemão Ifo ter revelado que o índice de confiança dos empresários alemães subiu para 86,6 pontos em Maio, face aos 87,6 pontos de Abril, recuperando assim da mais baixa taxa atingida nos últimos 16 meses.

A leitura do índice sugere uma redução do risco da maior economia europeia entrar de novo em recessão. A praça nacional era a excepção, num dia em que a Bolsa de Londres e as americanas se encontram encerradas devido a feriado.

O PSI20 [PSI20] cotava nos 5.610,98 pontos com cinco acções sem modificações de preços, dez em queda e as restantes cinco a amealhar valor.

A Portugal Telecom (PT) [PTC] ganhava 0,16% para 6,29 euros, ajudada pelo ganho de 1,41% do índice Dow Jones para o sector.

O Banco Espírito Santo (BES) [BESNN] ganhava 0,08% para 12,80 euros, enquanto o Banco Comercial Português (BCP) [BCP] e Banco BPI [BPIN] cotavam ao mesmo preço do fecho de sexta-feira, nos 1,38 euros e 2,39 euros, respectivamente.

A Electricidade de Portugal (EDP) [EDP] cotava nos 1,74 euros, também sem alteração na cotação, e a Brisa [BRISA] somava 0,41% para 4,84 euros. Esta semana é conhecida a vencedora da privatização da ENA, onde a Brisa concorre em parceria com a espanhola Acesa.

A recém integrada no índice NextEconomy, a SonaeCom [SNC] seguia inalterada nos 1,88 euros.

Outras Notícias