Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Euronext Lisbon em queda pressionada pela EDP e Vodafone Telecel

A Bolsa nacional negociava em queda, pressionada pelas acções da Electricidade de Portugal (EDP) e da Vodafone Telecel, que arrastavam o PSI20 para uma descida de 0,42%. A Impresa era a única empresa do índice a subir.

Pedro Carvalho pc@mediafin.pt 12 de Dezembro de 2002 às 12:51
  • Partilhar artigo
  • ...
A Bolsa nacional negociava em queda, pressionada pelas acções da Electricidade de Portugal (EDP) e da Vodafone Telecel, que arrastavam o PSI20 para uma descida de 0,42%. A Impresa era a única empresa do índice a subir.

O PSI20 [PSI20] marcava 5.886,41 pontos, com 13 acções em queda, seis inalteradas e apenas a Impresa [IPR] a somar 1,63% para 1,87 euros.

Segundo a agência «Reuters», citando uma fonte do sector, a cadeia francesa TF1, a Portugal Telecom (PT) [PTC] e um «private equity» estarão a analisar a compra dos 15% que a Globo detém na estação SIC,.

A PT caía 0,16% para 6,44 euros, depois do banco de investimento suíço Banque Cantonale Vaudoise ter baixado a recomendação para a operadora de «manter» para «vender».

Segundo um operador da Probolsa, «o mercado está com pouca liquidez», acrescentando que, «as notícias de ontem das alienações do Governo não estão a ter impacto nas acções da Brisa e da PT». A Brisa [BRISA] cotava inalterada em 5,10 euros.

A Electricidade de Portugal (EDP) [EDP] e a Vodafone Telecel [TLE] eram os papéis que mais pressionavam o índice, com quedas de 1,25% para 1,58 euros e 1,39% para os 8,50 euros, respectivamente.

Na banca, o Banco Espírito Santo (BES) [BESNN] e o BPI [BPIN] caíam 0,34% e 0,64%, enquanto o Banco Comercial Português (BCP) [BCP] seguia inalterado nos 2,5 euros, um preço que alguns operadores defendem que se deverá manter até ao final do período de fixação do preço para a emissão dos valores convertíveis.

O operador contactado acredita numa descida do BCP nos próximos dias, acrescentando que a negociação dos direitos «está a animar o mercado», numa altura em que foram movimentados 26 milhões de direitos [BCPS], com o preço a flutuar entre 0,1 euros e 0,01 euros.

Outras Notícias