Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Euronext Lisbon fecha a subir impulsionada por EDP e Brisa; PSI20 sobe 0,23% (act)

A Bolsa nacional fechou em subida, com o PSI20 a apreciar 0,23%, suportado pelas acções da Brisa e da Electricidade de Portugal (EDP). A eléctrica valorizou pelo terceiro dia consecutivo, somando no período 4,3%.

Pedro Carvalho pc@mediafin.pt 18 de Fevereiro de 2003 às 16:45
  • Partilhar artigo
  • ...
A Bolsa nacional fechou em subida, com o PSI20 a apreciar 0,23%, suportado pelas acções da Brisa e da Electricidade de Portugal (EDP). A eléctrica valorizou pelo terceiro dia consecutivo, somando no período 4,3%.

O PSI20 [PSI20] cotava no final nos 5.658,23 pontos, com 11 acções a valorizarem, oito em queda e uma inalterada.

A Electricidade de Portugal (EDP) [EDP] cresceu 1,28% para 1,58 euros, elevando para 4,6% os ganhos acumulados ao longo dos últimos três dias.

A Enersul, uma empresa controlada pela EDP, propôs ao regulador do sector eléctrico brasileiro um aumento das tarifas de 28,55% para este ano, numa medida que poderá começar a ter efeitos a partir de Abril próximo.

O Banco BPI [BPIN] cresceu 0,94% para 2,15 euros, com 1,5 milhões de acções movimentadas. O recente anúncio de que o Santander controla directamente e através de fundos cerca de 12% do banco, tem suportado o papel, que há nove sessões não perde valor, contra o PSI20 que nas mesma sessões perdeu valor por quatro vezes.

O Banco Espírito Santo (BES) [BESNN] subiu 0,16% para 12,25 euros. A Espírito Santo Seguros, a Tranquilidade e a Tranquilidade Vida, seguradoras do Espírito Santo Financial Group (ESFG), que controla o BES, registaram prejuízos conjuntos de 80,2 milhões de euros em 2002.

O Banco Comercial Português (BCP) [BCP] que ontem subiu mais de 2%, encerrou hoje em queda de 1,01% para 1,95 euros.

A Portugal Telecom (PT) [PTC] regrediu 0,15% para 6,53 euros. A Telesp Celular Participações, maior operadora de telecomunicações brasileira, controlada pela PT e pela Telefónica Móviles, registou prejuízos de 1,14 mil milhões de reais (294 milhões de euros) em 2002, valor que representa um agravamento de 2,4% face ao reportado no ano anterior.

A Sonae SGPS [SON] aumentou 2,56% para 0,40 euros, a Brisa [BRISA] cresceu 1% para 5,06 euros e a Vodafone Telecel [TLE] resvalou 0,12% para 8,50 euros, na véspera da direcção se pronunciar relativamente à OPA de que está a ser alvo.

Outras Notícias