Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Euronext Lisbon fecha a valorizar com PSI20 a avançar 0,43% (act.)

A Bolsa nacional encerrou a sessão com o PSI20 a subir 0,43%, suportado pelas valorizações das acções da Portugal Telecom e da Cimpor. O recuo de 0,8% do Banco Comercial Português impediu uma subida mais acentuada do índice.

Pedro Carvalho pc@mediafin.pt 24 de Maio de 2002 às 16:54
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A Bolsa nacional encerrou a sessão com o PSI20 a subir 0,43%, suportado pelas valorizações das acções da Portugal Telecom (PT) e da Cimpor. O recuo de 0,8% do Banco Comercial Português (BCP) impediu uma subida mais acentuada do índice.

O PSI20 [PSI20] cotava no fecho nos 7.388,72 pontos com 10 acções a subirem e as restantes 10 em queda.

A PT [PTC] conseguiu avançar 1,7% a marcar 7,78 euros, acompanhando o sector na Europa. A Vodafone Telecel [TLE] subiu 0,86% para os 7,07 euros, enquanto a SonaeCom [SNC] deslizou 0,44% terminando nos 2,28 euros.

A PT Multimédia [PTM], depois de no decorrer da sessão ter estado a perder 3,78%, conseguiu no final recuperar para os 8,87 euros, não evitando entretanto uma descida diária de 1,44%, depois da empresa ter anunciado que o BPI [BPIN] já detém uma participação superior a 2% no seu capital.

No sector da banca, a instituição liderada por Artur Santos Silva, o BPI [BPIN], conseguiu avançar 1,22% para os 2,48 euros, o Banco espírito Santo (BES) [BESNN] subiu 0,8% para os 11,35 euros, enquanto o BCP [BCP] viu as suas acções cederem 0,8% para os 3,73 euros.

As acções da Cimpor [CIMP], depois de terem experimentado uma subida superior a 10%, fecharam nos 21,90 euros, a valorizarem 4,34%. Na parte da manhã, foi concretizada uma passagem de 1,1 milhões de acções, ou 0,8% do capital da Cimpor, que teve como parte vendedora a cimenteira suíça, que já tinha anunciado a sua intenção em reduzir no capital da Cimpor.

Na sessão de hoje, a Bolsa nacional protagonizou também a transacção de dois blocos de acções da Semapa [SEMA] num total de 8,06 milhões de acções, uma a 5,08 euros e outra a 5,07 euros, «não tendo estado relacionado com a passagem de acções da Cimpor», segundo apurou o Negocios.pt. A Semana cedeu 3% a marcar 4,85 euros.

As acções da ParaRede [PARA], numa altura em se realizava a Assembleia Geral (AG), enceraram a desvalorizar 2,78% para os 0,35 euros. A ParaRede descartou a hipótese da demissão de Silva Coreia na AG de hoje.

A Electricidade de Portugal (EDP) [EDP] cedeu 0,43% a marcar 2,31 euros, tal como a Sonae SGPS, cujo títulos resvalaram 1,25 a marcarem 0,79 euros. A Brisa [BRISA] continuava a acumular ganhos sucessivos e hoje, voltou a somar 0,51% a marcar 5,93 euros, com mais de dois milhão de acções a mudarem de carteiras.

Ver comentários
Outras Notícias