Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Euronext Lisbon fecha inalterada numa sessão calma em termos de liquidez (act.)

A Bolsa nacional fechou com o PSI-20 a perder uns ligeiros 0,26 pontos, com a valorização da Portugal Telecom a ser contrariada pela queda da sua subsidiária PTM, numa sessão com fraca liquidez devido ao feriado em Inglaterra e nos EUA.

Pedro Carvalho pc@mediafin.pt 26 de Maio de 2003 às 16:50
  • Partilhar artigo
  • ...
A Bolsa nacional fechou com o PSI-20 a perder uns ligeiros 0,26 pontos, com a valorização da Portugal Telecom (PT) a ser contrariada pela queda da sua subsidiária PT Multimédia (PTM), numa sessão com fraca liquidez devido ao feriado em Inglaterra e nos EUA.

O PSI-20 [PSI20] marcava à hora do fecho 5.614,60 pontos, quase a mesma cotação de fecho de sexta-feira, com nove acções a desvalorizarem, quatro em subida e sete inalteradas.

O Banco Comercial Português (BCP) [BCP] foi o único papel que se destacou em termos de liquidez, num dia em que o feriado do Memorial Day levou ao encerramento das praças de Londres e de Nova Iorque. O BCP movimentou mais de 6 milhões de acções, fechando inalterado nos 1,38 euros.

O Banco BPI [BPIN] também encerrou inalterado nos 2,39 euros, mas o Banco Espírito Santo (BES) [BESNN] perdeu 0,16% a marcar 12,77 euros.

A Electricidade de Portugal (EDP) [EDP] e a Cimpor [CIMP], a par do BCP, foram as únicas empresas a movimentar mais de um milhão de acções, com a eléctrica a fechar inalterada nos 1,74 euros e a cimenteira a somar 0,3% para 3,29 euros.

A Portugal Telecom (PT) [PTC] ganhou 0,32% para 6,30 euros, mas a unidade PT Multimédia [PTM] deslizou 0,96% até aos 15,45 euros.

Segundo Zeinal Bava, presidente da operadora, a parceria da PTM com a Globo e a SIC nos canais de cinema da TV Cabo vai terminar a 31 de Maio deste ano, com a consequente compra dos 46% na participada que geria os canais.

A SonaeCom [SNC] que a partir de hoje passou a integrar o NextEconomy, fechou sem modificação na cotação, a marcar 1,88 euros.

A Brisa [BRISA] valorizou 0,41% para 4,84 euros, na semana em que se conhece o vencedor da privatização da ENA, onde a Brisa concorre em parceria com a espanhola Acesa.

Ver comentários
Outras Notícias