Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Euronext Lisbon intensifica ganhos ajudada por BCP e PT

A bolsa nacional intensificava a tendência de valorização, com o PSI-20, em máximos de Agosto de 2002, a apreciar 0,39%. O Banco Comercial Português (BCP) valorizava pela quarta sessão, e a Portugal Telecom (PT) negociava acima dos sete euros, pela primei

Pedro Carvalho pc@mediafin.pt 02 de Outubro de 2003 às 12:23

O índice PSI-20 [PSI20] cotava nos 6.242,03 pontos, com oito das acções em subida, seis inalteradas e as restantes seis em queda.

Segundo Francisco Guarmon, da Probolsa, «estamos a negociar, mais ou menos, em linha com os outros índices na Europa, que estão a ganhar, em média, 0,5%».

Na praça nacional, a mesma fonte alerta para o comportamento da Portugal Telecom (PT), do Banco Comercial Português (BCP) e da Sonae SGPS, papéis que estão a suportar o andamento do índice.

Em relação aos dados macroeconómicos, Francisco Guarmon destaca o anúncio da taxa de juro na Zona Euro às 12h45, «devendo o BCE manter a taxa nos 2%», bem como a publicação no Estados Unidos (EUA) dos dados relativos ao emprego e às encomendas de bens duradouros.

A PT apreciava 0,43% para 7,01 euros, a dar sequência à valorização de do 2,8% conseguida na véspera.

O BCP somava 1,1% para 1,82 euros, e a Sonae SGPS avançava 1,92% para 0,53 euros, líder na liquidez com mais de 4 milhões de títulos movimentados.

A Sonae SGPS anunciou ontem ter alienado 4,89% da Portucel, por cerca de 49 milhões de euros, garantindo uma mais valia de 7,6 milhões de euros, e reduzindo a sua participação na papeleira para 25%. Os valores da papeleira seguiam sem alteração de preço, a marcarem 1,31 euros.

A Electricidade e Portugal (EDP) regressava ao valor de fecho de quarta-feira, cotando nos 1,97 euros.

Outras Notícias
Publicidade
C•Studio