Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Euronext Lisbon não acompanha recuperação das bolsa na Europa

A bolsa nacional negociava em redor do valor de fecho de quarta-feira, sem seguir a tendência de valorização das restantes praças financeiras na Europa, que ganhavam, em média, mais de 0,5%. As correcções da EDP e da Jerónimo Martins contrariavam a recupe

Pedro Carvalho pc@mediafin.pt 24 de Junho de 2004 às 12:38
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A bolsa nacional negociava em redor do valor de fecho de quarta-feira, sem seguir a tendência de valorização das restantes praças financeiras na Europa, que ganhavam, em média, mais de 0,5%. As correcções da EDP e da Jerónimo Martins contrariavam a recuperação da Portugal Telecom.

O PSI-20 [PSI20] negociava em queda de 0,05% nos 7.325,12 pontos, com seis acções em subida, seis em queda e oito inalteradas, num dia em que as 20 empresas do índice movimentavam 34 milhões de euros. No resto da Europa, o CAC-40 de França, o DAX da Alemanha e o AEX da Holanda já acumulavam ganhos superiores a 1%.

Segundo um operador da Atrium.pt, o destaque da sessão recai hoje «sobre as acções da Jerónimo Martins que corrigiam da valorização de 5,82% conseguida na véspera, embora o reduzido peso no PSI-20 (1,46%) pouco influenciava o índice». A Jerónimo Martins admitiu ontem a possibilidade de vir a distribuir metade dos resultados líquidos do actual exercício em dividendos. As acções deslizavam 2,8% para 9,01 euros.

A mesma fonte de mercado alerta igualmente para outra correcção, a da Electricidade de Portugal (EDP) [EDP], que depois de sete sessões consecutivas sem perder valor, resvalava hoje 0,44% a marcar 2,28 euros. A ponderação da eléctrica no índice ultrapassa os 15%.

A travar uma queda mais acentuada do índice, a Portugal Telecom (PT) [PTC] que ontem caiu 1,59%, recuperava hoje 0,23% com cada acção a valer 8,68 euros.

Na banca a tendência era mista, com o Banco Comercial Português (BCP) [BCP] inalterado nos 1,90 euros, o Banco BPI [BPIN] a recuar 0,33% para 2,99 euros e o Banco Espírito Santo (BES) [BESNN] a apreciar 0,15% a cotar nos 13,62 euros.

No sector dos «media», a Impresa [IPR] que ontem ficou mais cara em 4,44%, seguia hoje inalterada nos 4 euros, enquanto a Media Capital [MCP] perdia 0,69% a marcar 4,29 euros. O dia no sector fica marcado pela estreia da Telecinco na bolsa espanhola, com uma valorização superior a 20%.

Mais lidas
Outras Notícias