Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Euronext Lisbon recua sem títulos a subir

A bolsa nacional negociava em descida, seguindo a tendência do resto da Europa, com a queda do BCP e da PT, a condicionarem o comportamento do índice de referência da praça lisboeta, numa momento em que nenhum papel do PSI-20 registava subidas. O PSI-20 r

Susana Domingos sdomingos@negocios.pt 21 de Abril de 2004 às 10:56
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A bolsa nacional negociava em descida, seguindo a tendência do resto da Europa, com a queda do Banco Comercial Português (BCP) e da Portugal Telecom (PT), a condicionarem o comportamento do índice de referência da praça lisboeta, numa momento em que nenhum papel do PSI-20 registava subidas. O PSI-20 recuava 0,88%.

O PSI-20 [PSI20] cotava nos 7.628,19 pontos, com 12 acções em queda e oito inalteradas.

O Banco Comercial Português [BCP] liderava as perdas do PSI-20, com uma queda de 2,44% para os dois euros, depois de ter anunciado ontem, depois do fecho do mercado, resultados relativos ao primeiro trimestre. Os resultados líquidos subiram 9,8% para os 104,9 milhões de euros, saindo em linha com as estimativas mais baixas dos analistas. Até ao momento foram negociados mais de quatro milhões de títulos.

Ainda na banca, o BPI [BPIN] caía 1,23% para os 3,22 euros, com 6.592 valores a mudarem de carteira e o Banco Espírito Santo (BES) [BESN] seguia a recuar 0,71% para os 13,90 euros.

A Electricidade de Portugal (EDP), [EDP] seguia inalterada face ao preço de fecho da sessão de ontem, a marcar 2,41 euros. O Operador do Mercado Ibérico de Energia começa hoje a funcionar em regime de testes. O ministro da Economia, referiu ontem, na cerimónia que marcou o arranque do operador que espera que o arranque efectivo do Mercado Ibérico de Electricidade (MIBEL) aconteça, o mais tardar, até ao dia 1 de Julho.

A Portugal Telecom (PT) [PTC] descia 0,43% para os 9,24 euros, com mais de 900 mil acções negociadas. A dívida de longo prazo da operadora de telecomunicações recebeu ontem, uma notação financeira da agência de «rating» da Fitch de «A-», com um «outlook» estável.

Mais lidas
Outras Notícias