Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Euronext Lisbon segue com quedas inferiores a Europa; PSI20 cai 0,45%

A Euronext Lisbon transaccionava em queda, mas estava a ser menos penalizada que as congéneres europeias. O PSI20 descia 0,45%, com o mercado a aguardar o discurso de Hans Blix no Conselho de Segurança da ONU.

Diogo Simão ds@mediafin.pt 07 de Março de 2003 às 13:27
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A Euronext Lisbon transaccionava em queda, mas estava a ser menos penalizada que as congéneres europeias. O PSI20 descia 0,45%, com o mercado a aguardar o discurso de Hans Blix no Conselho de Segurança da ONU.

O PSI20 [PSI20] cotava nos 5.234,94 pontos, a desvalorizar 0,45%, com nove acções sem modificações de preços, dez em queda e a Cimpor a acumular ganhos..

De acordo com Pedro Coelho, da Atrium.pt, «os mercados estão a ser condicionados pela conferência de imprensa dada ontem pelo presidente George Bush - que abria portas a uma intervenção unilateral no Iraque-, pela revisão em baixa das estimativas da Intel para o primeiro trimestre e pelo discurso de Hans Blix, pelas 15h30, no Conselho de Segurança da ONU».

O corte da taxa de juro de referência do BCE, de «apenas» 25 pontos base quando as estimativas apontavam para 50 pontos base, também está a influenciar o comportamento dos mercados, nomeadamente a cotação do euro que subia 0,59%.

Em Lisboa, a Portugal Telecom (PT) [PTC] perdia 1% a marcar 5,94 euros empurrando o índice para o «vermelho». A operadora seguia a tendência do sector e corrigia os ganhos das últimas sessões apesar dos resultados positivos apresentados. A Ibersecurities aconselhou hoje que os investidores «entrem» na PT quando a cotação descer para entre 5,5 a 5,7 euros.

A Electricidade de Portugal (EDP) [EDP] e o Banco Comercial Português (BCP) [BCP], seguiam inalteradas, a cotarem nos 1,41 euros e 1,58 euros, respectivamente.

O Banco BPI [BPIN], que chegou a tocar em novos máximos, nos 2,22 euros, seguia a perder 0,45% para os 2,19.

A Sonae SGPS [SON], que apresenta resultados a 12 de Março, perdia 2,7% para os 0,36 euros. A empresa de Belmiro de Azevedo tocou ontem em mínimos históricos, nos 0,35 euros

Ver comentários
Outras Notícias