Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Euronext Lisbon segue em máximos anuais com BCP e EDP

A bolsa nacional negociava com ganhos, com o Banco Comercial Português (BCP) a valorizar quarta sessão consecutiva. O PSI-20, em máximos de 12 meses, somava 0,31%, suportado pelo BCP e pela EDP.

Negócios negocios@negocios.pt 02 de Outubro de 2003 às 10:37

As praças da Europa subiam pela segunda sessão consecutiva, e o Dow Jones Stoxx 50 somava 0,62% para 2.442,19 pontos. Ontem, os principais índices europeus interromperam uma série de oito dias sucessivos de perdas.

Em Paris, o CAC 40 [CAC] seguia a valorizar 0,82% para 3.217,31 pontos, suportado pelos valores da Cap Gemini, da Alcatel e da seguradora Axa que acumulavam ganhos de 3,6%, 3% e 2,7%, respectivamente.

Na Alemanha, o DAX [DAX] progredia 0,15% nos 3.334,76 pontos, com as valorizações dos bancos CommerzBank e HVB (3,9% e 2,9%), a contrariarem a queda de 1,5% do fabricante de automóveis Daimler-Chrysler.

Em Madrid, o IBEX 35 [IBEX] negociava em subida de 1,03% para 6.820,70 pontos, e a farmacêutica Zeltia liderava os ganhos, ao apreciar 4,5% para 5,79 euros. O Banco Bilbao Vizcaya Argentaria (BBVA) e a petrolífera Repsol ganhavam 2,1% e 1,7%, respectivamente.

Na praça londrina, o FTSE 100 [UKX] crescia 0,7% para 4.198,50 pontos. A ajudar o índice, os valores das operadoras de telecomunicações Cable & Wireless e MMO2 amealhavam ambos ganhos em redor dos 3%.

O AEX de Amesterdão avançava 1,32% para 315,70 pontos, com os papéis da retalhista Ahold a dispararem 6,44% para 8,76 euros, após ter desvendado as contas de 2002.

Ver comentários
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio