Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Europa, banca e PT pressionam bolsa nacional

A bolsa nacional mantinha a tendência de queda, acompanhando as congéneres europeias, pressionada pela desvalorização da banca e da Portugal Telecom. O PSI-20 depreciava 0,63%, numa altura em que a Gescartão era o único título a subir.

Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 20 de Junho de 2005 às 12:21
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A bolsa nacional mantinha a tendência de queda, acompanhando as congéneres europeias, pressionada pela desvalorização da banca e da Portugal Telecom. O PSI-20 depreciava 0,63%, numa altura em que a Gescartão era o único título a subir.

As praças europeias desciam, pressionadas pela valorização para níveis históricos do petróleo.

O PSI-20 [psi20] caía 0,63% para os 7.470,12 pontos, pressionado por 14 títulos, enquanto um subia e cinco seguiam inalterados.

O Banco Comercial Português (BCP) [bcp] era o título que mais influenciava o principal índice nacional ao descer 1,42% para os 2,09 euros, uma correcção depois de ter avançado 1,44% na última sessão. O Banco BPI [bpin] caía 0,63% para os 3,17 euros e o Banco Espírito Santo (BES) [besnn] desvalorizava 0,31% para os 12,82 euros.

A Portugal Telecom (PT) [ptc] descia 0,38% para os 7,97 euros. Na sexta-feira, vários analistas referiram que, através da oferta «Triple Play» – novo serviço que vai ser lançado pela Sonaecom integrando televisão, Internet e voz num só fio de telefone – a Portugal Telecom e a PT Multimédia saem «derrotadas», acrescentando que os concorrentes (neste caso a Sonaecom) e os consumidores serão os «vencedores».

A participada da PT, PT Multimédia [ptm], cedia 0,59% para os 8,47 euros, e a Sonaecom [snc] negociava nos 3,45 euros, sem registar variação. A Sonae SGPS [son] escorregava 0,86% para os 1,15 euros.

A Energias de Portugal (EDP) [edp] também pressionava o índice ao cair 0,48% para os 2,07 euros, assim como a Brisa [brisa] que descia 0,32% para os 6,28 euros.

A Gescartão [gct] contrariava a tendência e ganhava 3,09% para os 11,35 euros.

Outras Notícias