Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Europa encerra a apreciar com seguros a liderar ganhos

O sector segurador levou hoje as praças europeias a encerrarem a ganhar – com excepção de Madrid – impulsionadas pelos ganhos da alemã Allianz, que hoje surpreendeu os analistas com resultados acima do esperado.

Isabel Aveiro ia@negocios.pt 12 de Novembro de 2004 às 17:03
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O sector segurador levou hoje as praças europeias a encerrarem a ganhar – com excepção de Madrid – impulsionadas pelos ganhos da alemã Allianz, que hoje surpreendeu os analistas com resultados acima do esperado. O Dow Jones Stoxx 50 encerrou a avançar 0,38%, para 2.793,08 pontos.

A maior seguradora da Europa, a Allianz, avançou 1,65%, para 92,90 euros. Os resultados relativos ao terceiro trimestre deste ano recuaram 8%, para 539 milhões de euros, afectado pelos pedidos de indemnização no âmbito dos furacões que ocorreram este ano nos EUA. Os analistas consultados pela Bloomberg aguardavam que os resultados líquidos recuassem para 415 milhões de euros. No final, o índice alemão DAX [dax] ganhou 0,30%, para 4.143,35 pontos.

Em França, o grupo segurador Axa, segundo maior da Europa, avançou 0,84%, para 17,93 euros. O índice francês CAC-40 [cac] terminou nos 3.835,11 pontos, mais 0,03% do que no fecho da sessão de ontem.

Em Londres, o índice FTSE [ukx] valorizou 0,36%, para 4.793,90 pontos. A estação de televisão British Sky Broadcasting apreciou 4,14%, para 554 pence, depois de ter anunciado que adicionou 62 mil subscritores nos primeiros trimestre fiscal, mais do que o esperado pelos analistas consultados pela agência noticiosa norte-americana.

Em Amesterdão, a maior fabricante europeia de equipamento semicondutor ASML adicionou 1,77%, para 12,06 pontos, impulsionando o índice AEX, que terminou a somar 0,36%, para 343,61 pontos. Um analista do UBS reviu hoje em alta a recomendação para as acções da companhia, de «neutral» para «comprar».

Em Madrid, o sector construtor foi um dos mais activos, com o grupo FCC a cair 1,16%, para 30,73 euros, enquanto a rival Ferrovial avançou 1,50%, para 36,59 euros. Enquanto a Fomento de Construcciones Y Contratas foi revista de «neutral» para «underperform» pelo Banesto Bolsa, a da Ferrovial foram reavaliadas de «neutral 1» para «comprar 1» pelo UBS. O índice IBEX 35 [ibex] encerrado a perder 0,10%, para 8.550,00 pontos.

Outras Notícias