Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Europa encerra a perder com valorização de mais de 4% do crude

As praças europeias encerraram hoje na sua maioria a desvalorizar, condicionadas pela apreciação de mais de 4% do crude em Nova Iorque e Londres. As telecomunicações foram o sector mais perdedor, depois da Morgan Stanley ter aconselhado os seus clientes a

Isabel Aveiro ia@negocios.pt 10 de Janeiro de 2005 às 18:57
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

As praças europeias encerraram hoje na sua maioria a desvalorizar, condicionadas pela apreciação de mais de 4% do crude em Nova Iorque e Londres. As telecomunicações foram o sector mais perdedor, depois da Morgan Stanley ter aconselhado os seus clientes a reduzir a carteira de títulos da Deutsche Telekom, a maior operadora telefónica europeia. O Dow Jones Stoxx 50 caiu 0,10%, para 2.815,68 pontos.

O contrato de crude [cl1] avançava 3,35%, para 46,95 dólares, depois de valorizado 4,76%, para 47,39 euros. Já na praça de Londres, os futuros do «brent» [co1] chegaram a apreciar 4,30%, para 44,85 euros, ganhando agora 3,40%, para 44,65 dólares.

Em Frankfurt, o índice DAX [dax] encerrou a cair 0,21%, para 4.307,37 pontos. A Deutsche Telekom encerrou a perder 1,67%, para 16,50 dólares. A Morgan Stanley, num estudo divulgado hoje, reviu em baixa a recomendação para o sector das operadoras telefónicas de «atractivo» para «em linha», justificando com a valorização de 14,1% conseguida pelo sector desde Junho de 2004. Além disso, previu um primeiro semestre «complicado» para a Deutsche Telekom.

Em Paris, o índice CAC-40 [cac] encerrou inalterado, nos 3.877,82 pontos. A France Telecom liderou as perdas, ao recuar 2,33%, para 24,30, enquanto a seguradora Axa somou 2,45%, para 18,78 euros, sustentando os ganhos de hoje.

Em Londres, o índice FTSE-100 [ukx] cedeu 0,28%, para 4.840,70 pontos. A operadora de telecomunicações móveis Vodafone, a maior do mundo, caiu 0,69%, para 5,07 libras. A BP, maior petrolífera da Europa, ganhou 0,20%, para 5,10 libras.

Em Madrid, o índice espanhol IBEX-35 [ibex] terminou nos 9.028,50 pontos, a desvalorizar 0,14%. A operadora de telecomunicações Telefónica perdeu 0,79%, para 13,88 euros.

O índice holandês AEX [aex] fechou a somar 0,19%, para 355,13 pontos. O grupo financeiro Fortis ganhou 1,24%, para 21,26 euros, travando perdas maiores causadas pela desvalorização da Unilever, que cedeu 0,74%, para 49,47 euros.

Ver comentários
Outras Notícias