Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Europa sobe impulsionada pela banca e fabricantes de matérias-primas

As bolsas europeias seguiam a valorizar impulsionadas pelos títulos da banca e pelas fabricantes de matérias-primas. O Dow Jones Stoxx 50 avançava 0,32% depois da JPMorgan ter dito que o pior das amortizações relacionadas com a crise no crédito já passou.

Maria João Soares mjsoares@negocios.pt 28 de Abril de 2008 às 10:41
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

As bolsas europeias seguiam a valorizar impulsionadas pelos títulos da banca e pelas fabricantes de matérias-primas. O Dow Jones Stoxx 50 avançava 0,32% depois da JPMorgan ter dito que o pior das amortizações relacionadas com a crise no crédito já passou.

O Dow Jones Stoxx 50 subia 0,32% para 3.220,65 pontos num dia em que o sector da banca valorizava 0,44% e as fabricantes de matérias primas avançavam 0,92%.

O banco de investimento JPMorgan emitiu uma análise em que diz que as amortizações de activos dos bancos, relacionadas com a crise no crédito, já atingiram o nível mais alto devendo agora começar a diminuir.

"O pior das amortizações parece já ter passado", refere o banco numa nota de "research" emitida hoje.

O índices francês CAC 40 [cac] valorizava 0,62% com a petrolífera Total a subir 0,70% para 52,86 euros e a seguradora Axa a ganhar 1,85% para 23,715 euros.

Em Londres, o Footsie subia 0,42% com o Royal Bank of Scotland a valorizar 0,50% para 350,75 pence e a Shell a ganhar 0,62% para 1.975 pence.

O índice IBEX [ibex] avançava 0,21%, em Madrid. O Santander subia 0,52% para 13,61 euros e o Banco Bilbao Vizcaya, que apresentou hoje os resultados do primeiro trimestre, valorizava 0,76% para 14,56 euros.

Na Alemanha, o DAX [dax] registava um ganho de 0,39% numa sessão em que o Deutsche Bank subia 0,31% para 76,43 euros e a Allianz valorizava 0,83% para 130,60 euros.

O AEX [aex] valorizava 0,73% com o ING a subir 1,42% para 24,255 euros.

Ver comentários
Outras Notícias