Bolsa Ex-CEO da Uber já encaixou 1,55 mil milhões com venda de ações

Ex-CEO da Uber já encaixou 1,55 mil milhões com venda de ações

Travis Kalanick, ex-CEO e cofundador da Uber, vendeu mais de 56 milhões de ações da empresa desde 6 de novembro, por um valor de mais de 1,5 mil milhões de dólares.
Ex-CEO da Uber já encaixou 1,55 mil milhões com venda de ações
Reuters
Negócios 03 de dezembro de 2019 às 19:42

O antigo CEO e cofundador da Uber, Travis Kalanick, vendeu 3,2 milhões de ações da empresa entre 27 de novembro e 2 de dezembro, por um valor de 93,4 milhões de dólares (84,2 milhões de euros ao câmbio atual), indicou esta terça-feira a empresa em comunicado enviado ao regulador do mercado de capitais dos EUA, a SEC.

Com estas alienações, Kalanick já vendeu desde o início de novembro um total de 56,4 milhões de títulos da empresa que ajudou a criar, tendo encaixado 1.553 milhões de dólares (1.401 milhões de euros).

O empresário começou a reduzir a sua participação na Uber após ter terminado, a 6 de novembro, o prazo de 180 dias após a entrada em bolsa da empresa durante o qual os acionistas que tinham entrado no capital da Uber antes do IPO estavam impedidos de vender os títulos.

Kalanick detém agora 33,2 milhões de ações da Uber, correspondentes a 1,94% do capital, sendo o nono maior acionista da empresa.

Desde a estreia em bolsa, a 10 de maio, as ações da Uber acumulam uma desvalorização de mais de 35%.




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI