Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Facebook vai alienar 70 milhões de acções. Zuckerberg vende mais de 41 milhões

A rede social vai vender acções 70 milhões de acções, o que deverá render aos cofres da empresa 3,9 mil milhões de dólares. O fundador e CEO da empresa vai vender 41,4 milhões de títulos, encaixando cerca de 2,3 mil milhões de dólares.

Reuters
Ana Laranjeiro alaranjeiro@negocios.pt 19 de Dezembro de 2013 às 13:52
  • Partilhar artigo
  • 2
  • ...

O Facebook vai vender 70 milhões de acções, uma operação que deverá render 3,9 mil milhões de dólares (mais de 2,8 mil milhões de euros), de acordo com os valores de fecho de ontem, dia 18 de Dezembro. Deste montante total, 27 milhões de títulos vão ser oferecidos e 43 milhões vão ser vendidos.

 

O próprio fundador e CEO da empresa, Mark Zuckerberg, vai alienar perto de 41,4 milhões de títulos, o que deverá permitir um encaixe na ordem dos 2,3 mil milhões de dólares, mais de 1,6 mil milhões de euros, escrevem as agências internacionais, citando o comunicado divulgado pela rede social Facebook. Ao vender estes títulos, Zuckerberg reduz o seu poder de voto na empresa.

 

Segundo as agências internacionais, a receita líquida obtida através da venda dos títulos detidos por Zuckerberg deverá servir para pagar impostos relativos ao exercício de opção de compra de 60 milhões de acções comuns de classe B.

 

“Não temos actualmente um uso especifico planeado para a receita líquida”, obtida com a venda das acções, revela o comunicado da empresa, citado pela Bloomberg. “Poderemos utilizar uma parte destas receitas para a aquisição de negócios complementares, tecnologias e outros activos”, acrescenta o comunicado.

 

Recentemente, o Facebook começou a testar anúncios publicitários em vídeo, numa tentativa de captar mais campanhas publicitárias online.

 

O Facebook entrou para o índice norte-americano Nasdaq a 18 de Maio de 2012 e amanhã, dia 20 de Dezembro, começa a negociar no S&P 500 após o fecho do mercado.

 

Ver comentários
Saber mais Facebook Mark Zuckerberg acções venda
Outras Notícias