Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

FCP aumenta emissão de obrigações para 20 milhões de euros

A SAD do Porto anunciou que aumentou o montante da oferta de obrigações em 33%. Passou de 15 para 20 milhões de euros. Investidores têm até dia 3 de Junho para subscreverem os títulos que pagam um juro de 6,75%.

Correio da Manhã
Paulo Moutinho 28 de Maio de 2014 às 12:28
  • Assine já 1€/1 mês
  • 10
  • ...

A Futebol Clube do Porto – Futebol SAD aumentou o valor da emissão de obrigações que tem a decorrer. A procura registada por estes títulos de dívida levou a SAD liderada por Pinto da Costa a elevar em 33% o montante a emitir para um total de 20 milhões de euros. A oferta termina a 3 de Junho.

 

A SAD "tomou a decisão de aumentar o montante global do empréstimo obrigacionista denominado "FC Porto SAD 2014-2017" para 20 milhões de euros e o número máximo de obrigações a emitir para quatro milhões", refere o comunicado enviado à Comissão do mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

 

O aumento da oferta face aos 15 milhões de euros iniciais era uma possibilidade prevista no prospecto da operação. Regra geral, as empresas fazem-no quando verificam que a procura existente pelos títulos está a ser superior ao previsto. Aumentando a oferta, o rateio, a haver, é menos intenso.

 

Muitos investidores estarão a ser atraídos para estes títulos pela taxa de 6,75% ao ano, paga durante os três anos de maturidade das obrigações. A remuneração é "atractiva", diz Filipe Garcia, economista da IMF. "Ainda que seja abaixo dos 8% da emissão feita em 2011, é uma taxa muito interessante", considera Filipe Silva, do Banco Carregosa.

 

Quem pretende investir nestes títulos terá de adquirir no mínimo 20 obrigações a um preço de 5 euros, cada (um mínimo de 100 euros). E tem apenas até terça-feira, dia 3 de Junho, para o fazer. Os resultados da oferta são conhecidos no dia seguinte, sendo a liquidação financeira feita a 6 de Junho.

Ver comentários
Saber mais Futebol Clube do Porto Pinto da Costa CMVM obrigações juros taxas
Mais lidas
Outras Notícias