Bolsa Ricardo Salgado: “Foi o aumento de capital com mais sucesso desde 1992”

Ricardo Salgado: “Foi o aumento de capital com mais sucesso desde 1992”

O presidente do BES garante que o aumento de capital que o banco concluiu hoje “foi o que teve maior sucesso desde a privatização em 1992”. No total, foram à operação cerca de 150 investidores, a maior parte do Reino Unido, Estados Unidos e Irlanda.
Ricardo Salgado: “Foi o aumento de capital com mais sucesso desde 1992”
Bruno Simão/Negócios
Maria João Gago 11 de junho de 2014 às 16:01

"Fizemos 10 aumentos de capital desde a privatização em 1992 e neste não houve uma tomada firme dos accionistas tradicionais, o Crédit Agricole e o Grupo Espírito Santo, mas foi exactamente aquele que teve maior sucesso", revelou Ricardo Salgado, presidente do BES, ao Negócios.

 

O banqueiro considerou "notável" que a procura por novas acções do banco tenha representado 178% da oferta disponível, o que, para Salgado mostra que "os investidores acreditam muitíssimo no banco".

 

No total, participaram na oferta 150 investidores institucionais, 70 oriundos do continente europeu e 80 do Reino Unido, Irlanda e Estados Unidos, adiantou o líder do BES.

 

"Não posso dizer que sejam novos investidores. Principalmente os norte-americanos, já existiam. No continente europeu, houve 70 investidores. No total, foram 150 investidores o que está mais ou menos dentro daquilo que foi feito em 2012".

 

Entre os maiores accionistas, o Espírito Santo Financial Group reduziu de 27,36% para 25%, o Crédit Agricole de 20,12% para 15%, o Bradesco passou de 4,8% para 3,91%, enquanto a PT manteve os 2,1% que tinha.

 

Já os investidores institucionais reforçaram o seu peso na estrutura de capital de 35,6% para uma percentagem entre 42% e 45%, adiantou Ricardo Salgado.




Saber mais e Alertas
pub