Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Fortes ganhos dos CTT põem PSI-20 em alta pela primeira vez em três sessões

A bolsa nacional foi impulsionada pela subida de mais de 6% dos CTT e pelos ganhos em torno de 2% do BCP e da Galp.

Miguel Baltazar
Rita Faria afaria@negocios.pt 10 de Agosto de 2020 às 16:45
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...

A bolsa nacional encerrou em alta esta segunda-feira, 10 de agosto, pela primeira vez em três sessões. O principal índice nacional, o PSI-20, valorizou 0,67% para 4.396,49 pontos, com 12 cotadas em alta, quatro em queda e duas inalteradas.

Na Europa, a maioria dos índices também segue com sinal positivo, com os investidores animados com as medidas anunciadas pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, para sustentar a economia. No sábado, o líder da Casa Branca assinou quatro ordens executivas para manter alguns apoios, incluindo os relativos às prestações de desemprego, o diferimento temporário do imposto cobrado aos empregadores, proteção contra despejos e alívio nos empréstimos a estudantes.

Estas medidas deram algum ânimo ao mercado, numa altura em que permanece o impasse entre democratas e republicanos em torno do pacote de estímulos à economia norte-americana.

O índice de referência para a Europa, o Stoxx600, avança 0,25% para 364,43 pontos, impulsionado sobretudo pelo setor da banca.

Por cá, os CTT foram a empresa que mais contribuiu para os ganhos do PSI-20, com uma valorização de 6,34% para 2,685 euros - o valor mais alto desde 21 de fevereiro – apesar dos prejuízos anunciados há dias.

Na semana passada, a cotação da empresa liderada por João Bento sofreu a sua maior queda intradiária dos últimos três meses, um dia depois de ter apresentado um resultado líquido negativo de 2 milhões de euros, um valor que compara com os lucros de 9 milhões de euros registados no mesmo período do ano passado.

A contribuir para a subida do PSI-20 estiveram ainda o BCP e a Galp. O banco liderado por Miguel Maya avançou 2,07% para 10,34 cêntimos, enquanto a Galp somou 2,01% para 9,336 euros, num dia de ganhos para o petróleo nos mercados internacionais.

Ainda na energia, a EDP recuou 0,71% para 4,347 euros e a EDP Renováveis encerrou inalterada nos 14 euros.

Em alta fecharam ainda as cotadas do setor da pasta e do papel, com a Navigator a ganhar 1,83% para 2,228 euros, a Altri a somar 1,28% para 4,430 euros e a Semapa a subir 1,14% para 7,98 euros.

Ver comentários
Saber mais bolsa nacional PSI-20 Europa mercados
Mais lidas
Outras Notícias