Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Galp desce quase 1% e afasta PSI-20 de máximos de um mês

A bolsa nacional iniciou a sessão em queda ligeira, penalizada sobretudo pela Galp, EDP e Nos.

A carregar o vídeo ...
Rita Faria afaria@negocios.pt 14 de Outubro de 2020 às 08:18
  • Assine já 1€/1 mês
  • 22
  • ...

A bolsa nacional abriu em queda ligeira esta quarta-feira, 14 de outubro, com o PSI-20 a desvalorizar 0,18% para 4.277,82 pontos. Das 18 empresas que formam o principal índice nacional, 11 estão em queda, quatro em alta e três inalteradas.

A praça portuguesa cai assim para terreno negativo depois de duas sessões consecutivas de subidas, que levaram o PSI-20 para máximos de um mês na terça-feira, impulsionado pelo grupo EDP.

Hoje, a bolsa nacional acompanha as perdas ligeiras das congéneres europeias, penalizadas pelo impasse no Congresso dos Estados Unidos em torno do novo pacote de estímulos à economia, num dia em que o mercado aguarda pela divulgação das contas de alguns dos maiores bancos norte-americanos.

Por cá, a EDP, a Galp e a Nos são as cotadas que mais pressionam a bolsa nacional. A elétrica cede 0,5% para 4,623 euros enquanto a Galp perde 0,78% para 8,170 euros, depois de ter anunciado ontem que suspendeu no passado dia 10 de outubro a atividade de produção de combustíveis na refinaria de Matosinhos, em resposta ao impacto da crise da covid-19 e, consecutivamente, na atividade económica e na procura de combustíveis.

A petrolífera garante que a suspensão temporária não coloca em causa o abastecimento do mercado nacional e não terá "impacto nos colaboradores da Galp afetos a essa atividade""As demais atividades de produção de Óleos Base e de Aromáticos da Refinaria de Matosinhos continuarão com o seu funcionamento normal", disse ao Negócios fonte oficial da empresa.

Ainda na energia, a EDP Renováveis segue inalterada nos 16,84 euros, após ter anunciado ontem que assegurou um novo acordo para venda de energia de duas centrais solares fotovoltaicas que irá desenvolver nos Estados Unidos, com uma capacidade de aproximadamente 100 MW.

Já a Nos desliza 0,78% para 3,046 euros.

A pressionar está ainda a Sonae, com uma desvalorização de 0,36% para 54,95 cêntimos, e a Jerónimo Martins, com uma queda de 0,23% para 14,925 euros.

Ver comentários
Saber mais bolsa nacional PSI-20 mercados
Mais lidas
Outras Notícias