Bolsa Galp e EDP pressionam bolsa

Galp e EDP pressionam bolsa

A bolsa nacional iniciou a sessão em queda, contrariando os ganhos registados entre os restantes índices europeus. A pesar na negociação está a Galp e a EDP, num dia de destaque para o BCP, cujos direitos de subscrição do aumento de capital estrearam-se em bolsa.
A carregar o vídeo ...
Sara Antunes 19 de janeiro de 2017 às 08:07
O PSI-20 desce 0,58% para 4.579,49 pontos, com oito cotadas e queda, oito em alta e duas inalteradas. No resto da Europa a tendência é de ganhos, no dia em que se aguarda pela conferência de imprensa de Mario Draghi, presidente do Banco Central Europeu (BCE), após a reunião de dois dias da autoridade, não se prevendo qualquer alteração na política monetária.

Destaque para o BCP, que está a cair 2,30% para 0,1573 euros, no dia em que os direitos de subscrição do aumento de capital começaram a negociar. Os direitos estão a negociar nos 0,61 euros, o que compara com o valor teórico de 1,0 euro registado ontem ao final da sessão tendo em conta o preço de fecho das acções. 

A EDP também está em destaque, ao deslizar 1,87% para 2,778 euros, assim como a EDP Renováveis, que está a cair 0,03% para 5,838 euros. 

A pesar na negociação está também a Galp Energia, ao perder 0,70% para 14,12 euros, no dia em que os preços do petróleo voltam a subir. O barril do Brent, negociado em Londres e referência para Portugal, está a apreciar 1,04% para 54,48 dólares.

A pressionar a bolsa nacional está também a Jerónimo Martins, que está a descer 0,35% para 15,785 euros, enquanto a Sonae SGPS, que ontem revelou as vendas preliminares de 2016, está a subir 1,75% para 0,87 euros. O retalho da Sonae superou os cinco mil milhões de vendas pela primeira vez.

Em queda está também a Nos, ao perder 0,38% para 5,30 euros.

(Notícia actualizada com mais informação)



Marketing Automation certified by E-GOI