Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Galp e EDPR penalizam arranque do PSI-20. CTT descem após resultados

A bolsa nacional segue com sinal vermelho, numa altura em que na Europa não há uma tendência definida.

A carregar o vídeo ...
Rita Faria afaria@negocios.pt 17 de Março de 2021 às 08:44
  • Assine já 1€/1 mês
  • 30
  • ...

A bolsa nacional abriu em queda esta quarta-feira, 17 de março, com o PSI-20 a desvalorizar 0,31% para 4.820,59 pontos. Das 18 cotadas que formam o principal índice nacional, 13 estão em queda, três em alta e duas inalteradas.

Na Europa, os principais índices também iniciaram o dia com quedas ligeiras, numa altura em que os investidores aguardam pelo final da reunião de dois dias da Reserva Federal dos Estados Unidos, para conhecer as mais recentes projeções do banco central para a evolução da economia e dos juros.

Por cá, a EDP Renováveis e a Galp Energia são das cotadas que mais penalizam o PSI-20. O braço verde da EDP desliza 1,11% para 17,78 euros, enquanto e petrolífera perde 0,96% para 10,33 euros. Ainda na energia, a EDP cai ligeiros 0,04% para 4,835 euros, depois de a Standard & Poor’s (S&P) ter elevado o rating da elétrica para "BBB", que é o segundo nível acima de "lixo".

Numa nota a justificar a subida da notação de "BBB-" para "BBB", a S&P cita o novo plano estratégico da empresa liderada por Migue Stilweel, que é visto de forma "positiva" pela agência, uma vez que "tem o foco na melhoria da alavancagem financeira", ao mesmo tempo que "acelera o crescimento nas renováveis de baixo risco e redes reguladas – sobretudo nos EUA e na Europa".

 

A contribuir para a queda do PSI-20 estão também o BCP e os CTT. O banco liderado por Miguel Maya desvaloriza 0,26% para 11,43 cêntimos e os CTT perdem 0,86% para 2,895 euros, depois de terem anunciado ontem que fecharam o exercício de 2020 com lucros de 16,7 milhões de euros, menos 42,9% face aos 29 milhões registados no ano anterior.

Ver comentários
Outras Notícias