Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Galp Energia e BCP impedem maiores perdas na bolsa nacional

A bolsa nacional está a negociar em terreno ligeiramente negativo. A pressionar o índice estão a Sonae, que apresenta hoje resultados, e o BES.

Andreia Major amajor@negocios.pt 24 de Maio de 2011 às 11:52
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
O PSI-20 está no vermelho, num dia marcado por oscilações entre o positivo e o negativo no índice português.

A praça lisboeta contraria a tendência das congéneres europeias e está a perder 0,07% para 7.594,83 pontos, com 10 cotadas em alta e 10 cotadas em baixa.

A colaborar para o bom desempenho na Europa está a subida das matérias-primas, que estão a corrigir das quedas recentes, impulsionadas pela recomendação de investimento por parte do Goldman Sachs.

A contribuir para maiores perdas, está a Sonae, que apresenta hoje resultados depois do fecho da sessão, e o BES. No dia em que desconta o dívidendo de 3,31 cêntimos, a empresa liderada por Paulo Azevedo está a perder 4,58% para 0,77 euros, e o banco recua 1,64% para 2,705 euros. O CEO da France Telecom admitiu hoje que poderá vender os activos em Portugal, onde controla 20% da Sonaecom, "holding" de telecomunicações controlada pela Sonae SGPS.

No sector da banca, a tendência não é definida. O BCP está a ganhar 1,23% para 0,512 euros, e o BPI recua 1,06% para 1,116 euros. Já o Banif, apresenta fortes ganhos e valoriza 6,76% para 0,758 euros.

O CEO do Banif, Carlos Duarte de Almeida, afirmou ontem em Nova Iorque que o banco deverá recorrer “em breve” à garantia do Estado para emitir dívida, seguindo os passos do Banco Espírito Santo e da Caixa Geral de Depósitos.

“Estamos a ponderar a possibilidade de fazer emissões de dívida com aval do Estado”, disse Carlos Duarte de Almeida no âmbito do Portuguese Day em Wall Street, acrescentando que esta é uma “uma situação normal” e “poderá acontecer nas próximas semanas”.

O CEO do Banif descartou também a realização de aumentos de capital para reforçar os rácios do banco. “O banco não precisa de se capitalizar. No entanto, ao nível do Banif SGPS e da Rentipar, será necessário fazer reforços do Tier I para cumprir com as novas exigências de capital”, disse Carlos Duarte de Almeida, adiantando que “essa situação está a ser analisada” e “já temos um conjunto de possibilidades para reforçar capitais sem ter que aumentar capital”.

A pressionar o índice está, também, a PT, com uma queda de 0,57% para 8,623 euros.

No sector energético, a tendência também é negativa. A EDP segue a depreciar 0,2% para 2,552 euros e a EDP Renováveis cede 0,9% para 4,745 euros. A REN desliza 0,57% para 2,445 euros.

A contrariar maiores perdas, está a Galp Energia, a avançar 0,82% para 14,06 euros e a Jerónimo Martins, a apreciar 0,35% para 12,795 euros.

Ver comentários
Saber mais PSI-20 banca BCP Galp Energia Banif
Outras Notícias